quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Cirque du Soleil




Circo Marimbondo - Milton Nascimento


Lona no chão de terra, palhaços com piadas engraçadas, elefantes, leões: esqueça! O circo foi reinventado por um homem chamado Guy Laliberté e transformou-se em arte e em espetáculo de primeirissima linha.

Guy e dois amigos eram artistas circenses pobres e com pouco sucesso em 1979, quando organizaram um bazar com um grupo de artistas performáticos, conseguindo apoio do governo. Após alguns fracassos e muitas dificuldades econômicas, montaram um espetáculo denominado "Le Grand Tour du Cirque du Soleil" e nos próximos anos foram aperfeiçoando-se até que em 1 987 fizeram tamanho sucesso que atraíram a atenção da Columbia Pictures.

Guy recusou proposta da Columbia para filmagem de seu espetáculo visando manter a independência e até hoje o Cirque du Soleil é privado, sendo mais de 90% propriedade de Guy.

Seus espetáculos são um delírio visual e auditivo. A ausência de animais, de diálogos (o que possibilita serem compreendidos universalmente), a música estonteante, a coreografia caprichada e os melhores artistas circences do mundo fazem com que o Cirque du Soleil seja hoje o maior circo da Terra.

O circo possue algumas montagens fixas e várias itinerantes que chegam a todos os países do mundo - aqui no Brasil estiveram em 2006, com o espetáculo Saltimbanco e os espetáculos de maior sucesso estão disponíveis em CD ou DVD. Já assisti a alguns. É diversão garantida, ainda que com gostinho de "quero ver ao vivo e a cores"!



Clip do Cirque du Soleil

1 comentários:

Paulo N. disse...

gostaria de assistir, mas antes queria ver um Hollydayonice (é assim q escreve?)
surpreende a forma de como reinventaram o circo, lembro nos anos 90 e já eram uma tremenda febre, mas eu ñ achava graça
circo tradicional nunca gostei, acho q é porque tinha medo de palhaços quando era criança

Posts relacionados: