quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Melodia Sentimental - Villa Lobos


"Considero minhas obras como cartas que escrevi à posteridade,
 sem esperar resposta." — Villa-Lobos





MELODIA SENTIMENTAL
Da obra
Floresta do Amazonas
Heitor Villa Lobos - Dora Vasconcellos

Acorda, vem ver a lua
Que dorme na noite escura
Que surge tão bela e branca
Derramando doçura
Clara chama silente
Ardendo meu sonhar

As asas da noite que surgem
E correm o espaço profundo
Oh, doce amada, desperta
Vem dar teu calor ao luar

Quisera saber-te minha
Na hora serena e calma
A sombra confia ao vento
O limite da espera
Quando dentro da noite
Reclama o teu amor

Acorda, vem olhar a lua
Que dorme na noite escura
Querida, és linda e meiga
Sente meu amor e sonha


Trecho do Filme Deus é Brasileiro de Carlos Diegues onde Djavan canta a música "Melodia Sentimental" de Villa Lobos e Dora Vasconcellos

...

Bidu Sayão

O soprano Balduína de Moreira, conhecida como Bidu Sayão, nasceu no Rio de Janeiro, em 11 de maio de 1902. Foi para a França em 1922, e lá estudou com Reszke. Quatro anos mais tarde, fez sua estréia no Teatro Constanzi de Roma, inaugurando, no mesmo ano, a temporada do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, no papel de Rosina (Barbeiro de Sevilha). Depois de várias temporadas européias, foi contratada por Toscanini para apresentar-se com a Orquestra Filarmônica de Nova York. Em 1937, estreou no Metropolitan Opera House (Manon, de Massenet). Passou a fazer parte do elenco estável daquela casa. A pedido de Villa-Lobos, cantou pela última vez em 1958, no Carnegie Hall, quando foi apresentada a suite Cantos da Floresta Tropical, em cuja gravação ela também atuara. Ela residiu nos Estados Unidos até seu falecimento, em 1999.


Heitor Villa Lobos

Heitor Villa-Lobos se tornou conhecido como um revolucionário que provocava um rompimento com a música acadêmica no Brasil. As viagens que fez pelo interior do país influenciaram suas composições. Entre elas, destacam-se: "Cair da Tarde", "Evocação", "Miudinho", "Remeiro do São Francisco", "Canção de Amor", "Melodia Sentimental", "Quadrilha", "Xangô", "Bachianas Brasileiras", "O Canto do Uirapuru", "Trenzinho Caipira". Leia a continuação aqui e se quiser mais, veja aqui.

...


E então? Qual das versões você prefere? Bidu Sayão ou Djavan? 


0 comentários:

Posts relacionados: