quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Elektra - Quando nossos heróis morrem

"- Não era ela que me atormentava. Era eu que não a deixava em paz."
- Matt Murdock (Demolidor)









Morte de Elektra by Frank Miller


Elektra Nachios morreu, Demolidor vive atormentado pelas lembranças e o autor Frank Miller tortura-nos com a possibilidade de que ela esteja viva no topo gelado do Tibete, em um templo budista, resgatando sua alma corrompida pelas trevas e escuridão.

Este post é para quem pensa que quadrinhos é coisa de crianças, para introduzir Frank Miller, o autor que deu dimensão humana aos superheróis e também porque adorava Elektra, o amor dos dois e fiquei triste quando tudo aconteceu. Relembrei agora, com os coments sobre o final do Lago dos Cisnes e desejei postar.

Desculpem a tristeza toda, mas combina com meu momento.

Para quem quiser saber mais sobre Elektra, Demolidor e o autor, Frank Miller:
Elektra - Vida e Morte




1 comentários:

Paulo N. disse...

Um dos melhores arco de histórias em quadrinhos, durante muitos anos Elektra ficou morta, mas infelizmente a Editora Marvel, resolveu traze-la de volta a vida, e a personagem perdeu a graça, li pouco, mas ela não parece mais do que uma assassina fria com conflitos, acho que ela nunca mais voltou para o Matt Murdock.

Posts relacionados: