WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Sensacional!!! Tom Maior transforma desfile em manifesto contra Guerra Civil Angolana.


Comissão de frente da Tom Maior - "A caminhada de um povo esquecido"

Belíssimo e arrepiante desfile da escola que em extrema ousadia mostrou cenas chocantes da Guerra Civil Angolana iniciada logo após sua independência em 1.975 e encerrada em 2.002 com um saldo de mais de 500.000 mortos oficiais, incontáveis mutilados e um país inteiramente destruido que agora busca sua reconstrução. Para saber mais, clique aqui.

A escola que passou por sérios problemas em 2009, inclusive a perda de sua quadra, fez um desfile criativo, colorido e, apesar da temática, cheio de vida, garra e alegria, homenageando também Martinho da Vila, embaixador cultural de Angola no Brasil desde 1970.

A arquibancada, espupefada ao início pela estranheza da inusitada abertura termina por se empolgar e emocionar com a beleza das fantasias, o colorido das alas e o maravilhoso samba enredo.






Uma nova Angola se abre para o mundo! Em nome da PAZ, Martinho da Vila canta a liberdade!

É nova Angola com mais amor
Seus ideais, de independência e libertação
Chega de guerra e opressão
Buscando o caminho da paz
Um povo que tanto sofreu... renasceu
E brilha o sol da nova era
Reconstruindo a sua história
Rainha Nzinga guerreira
Com seu exemplo, rompeu fronteiras
Entre correntes e lamentos
A Negritude atravessou o mar
Fazendo desse chão seu gueto
O Brasil é negro, e hoje vem sambar

'BIS'
Oi deixa a gira girar... Vamos girar
A proteção "Zambi" nos dá
Vem na ginga d’Angola
E deixa o corpo balançar

Mais tarde o filho volta,
ao lugar que o concebeu
Levando a sabedoria que aprendeu
Axé para quem estendeu a mão
Firmando aliança com nosso irmão
Reconhecendo essa nação
Angola tão cheia de luz
Conquistada por um sonhador
Terra de seus ancestrais
Exalta seu embaixador
É Martinho, é José, Partideiro, Escritor
É da Vila Isabel, que fez Kizomba lá no bairro de Noel

'REFRÃO'
Bate tambor batuqueiro
O Canto do negro ecoou
É tempo de liberdade, e felicidade
Em TOM MAIOR é negra a cor!


...


São desfiles como este que mostram a verdadeira essência do carnaval brasileiro: crítica, contestação e história trazidos ao público com tamanha criatividade e beleza que encantam, seduzem e emocionam.

0 comentários:

Posts relacionados: