quinta-feira, 2 de abril de 2009

Livros grátis

Imagem: A Leitora - Jean-Honoré Fragonard


Sou viciada em leitura desde antes de aprender a ler.

No auge de minha carreira de leitora ávida (vulgo rato de biblioteca) lia 500 páginas por noite sem qualquer dificuldade. Nos finais de semana a contagem era por número de livros.

Viciozinho bacana que aumenta a cultura, o raciocínio, a inteligência, etc... etc... E faz um danado de um rombo no orçamento!

Na juventude, incapaz de sustentar o vício e apavorada com a proximidade da síndrome de abstinência, os tremores, os delírios, as noites em claro com a mente confusa, confesso envergonhada que já "emprestei" um ou dois livros de bibliotecas.

Lógico que este hábito além de pouco salutar era arriscado e acabei singrando para romancezinhos baratos e horrorosos (da série Júlia, Bianca, Sabrina) e algumas vezes em épocas realmente negras apelei para o consumo de bulas de farmácia, o que sempre alivia um pouco a necessidade.

Assim sobrevivi até o surgimento da internet com trocentas opções de leitura. Não é bem o que gosto. Os textos em sua maior parte informativos, feitos para consumo rápido, pecam pela falta de qualidade e as produções próprias quase sempre pela falta de talento. Existem excessões, óbvio, mas de forma geral... :(

"A cavalo dado não se olham os dentes" já se sabe e fazendo uma baita vista grossa consegui trocar um vício pelo outro. Em poesia, nada a reclamar. Praticamente todos os bons e imortais estão disponíveis e facilmente encontráveis na net. Os ruins e mortais também, infelizmente. Nada é perfeito. Mas literatura de verdade mesmo...

Porque livro é tão caro em nosso país? Um livro bem cotado, com aproximadamente 500 páginas não sai por menos de R$ 40,00 e se for de um autor realmente bom, conta logo com R$ 50,00. Quem tem condições de ser rato de biblioteca neste nível? E, diga-se de passagem: as bibliotecas públicas não tem os livros mais novos e contemporâneos para empréstimo. Só os "clássicos" que já li a trocentos anos.

Eis que ontem animada com o filme, procurei o livro "Crepúsculo" na net. E achei! E fiz download e já estou lendo. De graça! Na tela, o que não é tão legal. 250 páginas. Supondo que quisesse imprimir, sairia por mais ou menos uns 15 reais entre papel e tinta de impressora, o que é bastante razoável.

Já trabalhei com livros e sei que a margem das livrarias é de no mínimo 40%. Sem contar a margem do distribuidor, da editora, etc... O autor mesmo, coitado... Tem que vender muuuuiiiittooooos livros para fazer um pezinho qualquer. Márcia e Cristina que escreveram e publicaram um romance que o digam.

Pagaria algo para recompensar o autor (e de bom grado), se esta opção existisse, mas não existe. Ou você compra e paga R$ 39,90 ou vira pirata.

Virei pirata e ainda vou passar para vocês os ends onde tem montes de livros em pdf para download:

Livros Grátis

Ebooks grátis

Devem existir outras opções. Estes foram os dois que encontrei ontem. Agora fica com a consciência e o bolso de cada um, comprar ou baixar. :DDD



1 comentários:

Paulo N. disse...

eu tb tenho gene de traça

Posts relacionados: