WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Livros grátis

Imagem: A Leitora - Jean-Honoré Fragonard


Sou viciada em leitura desde antes de aprender a ler.

No auge de minha carreira de leitora ávida (vulgo rato de biblioteca) lia 500 páginas por noite sem qualquer dificuldade. Nos finais de semana a contagem era por número de livros.

Viciozinho bacana que aumenta a cultura, o raciocínio, a inteligência, etc... etc... E faz um danado de um rombo no orçamento!

Na juventude, incapaz de sustentar o vício e apavorada com a proximidade da síndrome de abstinência, os tremores, os delírios, as noites em claro com a mente confusa, confesso envergonhada que já "emprestei" um ou dois livros de bibliotecas.

Lógico que este hábito além de pouco salutar era arriscado e acabei singrando para romancezinhos baratos e horrorosos (da série Júlia, Bianca, Sabrina) e algumas vezes em épocas realmente negras apelei para o consumo de bulas de farmácia, o que sempre alivia um pouco a necessidade.

Assim sobrevivi até o surgimento da internet com trocentas opções de leitura. Não é bem o que gosto. Os textos em sua maior parte informativos, feitos para consumo rápido, pecam pela falta de qualidade e as produções próprias quase sempre pela falta de talento. Existem excessões, óbvio, mas de forma geral... :(

"A cavalo dado não se olham os dentes" já se sabe e fazendo uma baita vista grossa consegui trocar um vício pelo outro. Em poesia, nada a reclamar. Praticamente todos os bons e imortais estão disponíveis e facilmente encontráveis na net. Os ruins e mortais também, infelizmente. Nada é perfeito. Mas literatura de verdade mesmo...

Porque livro é tão caro em nosso país? Um livro bem cotado, com aproximadamente 500 páginas não sai por menos de R$ 40,00 e se for de um autor realmente bom, conta logo com R$ 50,00. Quem tem condições de ser rato de biblioteca neste nível? E, diga-se de passagem: as bibliotecas públicas não tem os livros mais novos e contemporâneos para empréstimo. Só os "clássicos" que já li a trocentos anos.

Eis que ontem animada com o filme, procurei o livro "Crepúsculo" na net. E achei! E fiz download e já estou lendo. De graça! Na tela, o que não é tão legal. 250 páginas. Supondo que quisesse imprimir, sairia por mais ou menos uns 15 reais entre papel e tinta de impressora, o que é bastante razoável.

Já trabalhei com livros e sei que a margem das livrarias é de no mínimo 40%. Sem contar a margem do distribuidor, da editora, etc... O autor mesmo, coitado... Tem que vender muuuuiiiittooooos livros para fazer um pezinho qualquer. Márcia e Cristina que escreveram e publicaram um romance que o digam.

Pagaria algo para recompensar o autor (e de bom grado), se esta opção existisse, mas não existe. Ou você compra e paga R$ 39,90 ou vira pirata.

Virei pirata e ainda vou passar para vocês os ends onde tem montes de livros em pdf para download:

Livros Grátis

Ebooks grátis

Devem existir outras opções. Estes foram os dois que encontrei ontem. Agora fica com a consciência e o bolso de cada um, comprar ou baixar. :DDD



1 comentários:

Paulo N. disse...

eu tb tenho gene de traça

Posts relacionados: