WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

terça-feira, 29 de junho de 2010

(Versus) Trailer de Final Fantasy Versus legendado em português


Um amigo enviou-me o link para esta maravilha, o trailer de FF Versus totalmente traduzido e legendado para português:



A música Somnus faz o fundo do trailer e foi a única revelada até agora. É composta por Yoko Shimomura, responsável pela trilha de Kingdom Hearts, Parasite Eve e agora, por Versus.

Vejam a tradução de SOMNUS no Vagalume:

"O reino dorme
e crianças sacrificam-se dia a dia
até se extinguir,
e eles nunca irão despertar.

Esta tragédia destrói
na frente delas
cada coisa amada.

E nesta noite que nunca acaba
olha ali, a verdadeira visão
na borda vou te ver
e na manhã seguinte a tempo de despertar."


Somnus, mais conhecido como Morpheus, é o deus do sono romano. Filho de Nix, a Deusa símbolo da Noite e irmão gêmeo de Thanatos - a morte, chamado aparentemente de Etros aqui.

Clica no logo de Final Fantasy Versus na abertura deste post. O símbolo deste jogo é Somnus ou estou delirando?


Etros, deus(a?) da morte, recebe as almas dos falecidos e abre a porta para a vida futura. Quando a porta se abre, a alma liberada explodiu em um raio de luz que ascende aos céus. Diz-se que, quando os quase-morte são capazes de ver que a luz, no entanto, muito poucas pessoas são capazes de ver que a luz, e aqueles que podem ver, é dado poder do Reino dos Mortos. (fonte Final Fantasy Wiki)

Noctis e Stella tiveram uma experiência de quase-morte em algum momento passado, viram a luz e por isto receberam poderes. Aparentemente eles não entendem bem o que isto significaria em suas vidas.

Versus é baseado em uma frase de Shakespeare que diz que o bem e o mal não existem por si só, sendo apenas fruto da mente humana.

Esta frase, os deuses do sono e da morte e o cenário obscuro de Versus levam-nos a pensar em um jogo onde os personagens oscilarão entre opostos morais, podendo tender para um ou outro, ou seja, podendo ser mocinhos ou bandidos, bons ou maus.

Também o perfil de Stella, apresentado como antagonista, mas com todo jeito de protagonista, leva-nos a esta possibilidade.

Caberá a nós, jogadores, definir o caráter moral de cada um e consequentemente o desfecho do jogo?

Ainda que não nos caiba, Versus apresenta-se de antemão com uma estória densa e profunda. Jogo para adultos, de verdade.

Oba!!! :DDDD

0 comentários:

Posts relacionados: