WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

domingo, 18 de julho de 2010

(Dragon Quest IX) As estórias do enredo, O pai de Erinn e Wight Knight

Erinn


Estou absolutamente deslumbrada com Dragon Quest IX. Algo que nunca disse a respeito de FFIX e nem de Resonance of Fate, para ficar apenas nos dois últimos e mais importantes que joguei.

Agora entendi melhor o enredo do jogo. Já conclui 2 estórias diferentes que transcorrem quando Angel está tentando obter benevolences para fazer o Starflight (o trem celestial) funcionar. Cada estória é independente uma da outra e ambas lindas, intensas e profundas:

>>>>  CONTÉM SPOILERS  <<<<


1 - O pai da Erinn

O pai de Erinn era o mais famoso hoteleiro da cidade de Stornway e ganhou um troféu muito importante. Quando era pequena a Erinn estava doente e ele foi para Angel Falls porque o clima da cidade era melhor para sua saúde. Erinn cresceu e nunca soube do passado de seu pai. Quando ele morreu, ficou vagando por Angel Falls, incomodado pelo fato de que a filha não sabia de sua estória e não podia resgatar seu passado e as coisas boas que viriam disto.

Quando Patty que trabalha em um grande Inn de Stornway vai para Angel Falls e menciona a lenda do grande e lendário Inner e convida Erinn para ir com ela a Stornway trabalhar no mesmo hotel, ele vê a oportunidade de consertar as coisas, mas para isto precisa que ela saiba quem ele era e pede a Angel que ajude-o a encontrar seu troféu, indicando o local onde foi enterrado.

Quando Erinn e Patty vêm o troféu, toda a estória se revela. Erinn fica muito triste ao saber que seu pai desistiu da carreira e fortuna pela sua saúde, mas decide ir com Patty tentar conseguir o emprego no grande hotel de Storway. O pai de Erinn pode enfim descansar e ir para os céus.

Erinn chega em Stornway sem revelar quem era seu pai e é praticamente ridicularizada pela dona do Inn, por sua aparência simples e humilde, mas quando mostra o troféu todos se ajoelham aos seus pés em reverência e ela consegue o emprego.


2 - Wight Knight

Um cavalheiro fantasma está apavorando a cidade de Stornway, exigindo que o rei entregue-lhe sua filha Simona em um determinado prazo, ao risco de desvastar a cidade. Angel oferece-se para ir no lugar da princesa e derrotar o cavalheiro.

Após fazer isto, ela e Stella conversam com o cavalheiro e descobrem que houve uma confusão de nomes. O cavalheiro confundiu Princesa Simona com Princesa Mona, sua grande amada. Ele diz que o terremoto acordou-o de um longo sono, mas que perdeu a memória, recordando-se apenas de Mona e do nome de seu reino, Brigadoom. Apesar de não saber onde é, acreditando que ela está à sua espera, parte em sua busca.

O rei de Stornway acha que foi um truque do cavalheiro, porque nunca ouviu falar deste reino e que ele retornará, mas a princesa Simona acredita na estória, porque recorda-se que sua ama entoava uma cantiga de ninar que mencionava Brigadoom. Ela pede que Angel procure sua babá na cidade onde mora atualmente, em Zere.

Angel encontra a babá que relembra a canção. A letra fala que Bridadoom fica ao norte e em Bird, pássaros. Na saída da cidade, encontram o cavalheiro perdido e contam-lhe sobre a canção. Ele parte na mesma direção norte que os pássaros usam. Também Angel vai para lá.

Só existem ruinas de Brigadoom e uma feiticeira chamada Morag está sentada na cadeira real. Ela confessa ter sido a responsável pela separação do casal e ruina do reino. Derrotada por Angel, parte dizendo que está feliz por saber que o casal nunca se reencontrará.

O cavalheiro recobra a memória desolado por não sabe o que fazer com seu reino destruído e sem sua amada, que provavelmente faleceu após tantos anos.

A Princesa Simona aparece travestida de Princesa Mona e convida-o para uma dança, dando-lhe seu perdão por ter demorado tanto a retornar. Durante a dança ele percebe que ela não é Mona, mas entende que ela está morta e fica em paz. Ele entende que também está morto, agradece a todos e parte para os céus.

Simona diz que enquanto dançavam ouviu uma voz feminina agradecendo-lhe por ajudar o cavalheiro.

...

Não são estórias comoventes?

Percebam que são profundas e repletas de nuances. O fato, por exemplo, da Princesa Simona ter percebido desde o início que o cavalheiro não era mau e apenas precisava de ajuda é algo que foge ao padrão da normalidade. Era suposto que tivesse ficado apavorada apenas.

São estes detalhes de Dragon Quest IX que tornam-no um jogo excepcionalmente bom.

Voltarei com as próximas estórias.

0 comentários:

Posts relacionados: