Pular para o conteúdo principal

(Dragon Quest IX) As estórias do enredo: Gleeba e Batsureg


Vejam que estou anotando no mapa as principais localizações do jogo, para que não se percam. Senti falta de um mapa destes quando joguei os FF III e IV.

Se abrirem grande, vão notar que o mapa original apontava para localizações de itens raros. Não sei os nomes, mas dos lugares que reconheci, todos continham itens raros ou difíceis de serem localizados.

Continuando a sequência das estórias:

1: O pai de Erinn em Angel Falls
2: Whight Knight em Stornway
3: A cidade amaldiçoada em Coffinwell
4: O sumiço do Padre em Alltrades Abbey
5: Jona e a baleia em Porth Llaffan
6: A réplica de Zere em Zere Rocks
7: A melhor amiga em Bloomingdale
8: A rainha egoísta em Gleeba
9: O filho covarde em Batsureg


8) A RAINHA EGOÍSTA

Chegando em Gleeba, todos mencionam a divina, maravilhosa, incontestável, etc... Rainha Voluptua. O local é no meio do deserto e a rainha construiu uma sala de banho para si e suas funcionárias que consome praticamente toda a água da cidade.

Entramos no palácio à procura de mais um fruto bem em meio à uma crise, pela fuga do animal de estimação preferido da soberana, um lagarto. Encontramos o bichinho e levamos até ela, que mal agradece enquanto irritada, humilha, maltrata e despede a funcionária que o deixou fugir.

Ela diz estar com o fruto, mas desdenha da idéia de entregá-lo, dizendo que irá cortar em pedaços para jogar na água do banho e assim deixar sua pele mais bonita e viçosa. Conseguimos entrar na sala de banho no momento em que o bichinho, o lizard, come um pedaço da fruta e transforma-se em um monstro que rapta-a e pula em um poço.

Indo atrás encontramos o fantasma de seu pai que confessa estar muito envergonhado com o egoísmo e futilidade da filha. Apesar disto, solicita nossa ajuda. Continuando pelo poço, chegamos até onde o lagarto-monstro vai começar a falar com a rainha.

Ele fica irritado com a interrupção. Acredita que é mortal e humano como a rainha. Diz sobre seu amor por ela e que agora nada mais os separa da felicidade juntos, sem perceber que é um monstro e não um humano.

Após a luta, ele cai em si e devolve o fruto, voltando à forma anterior. A Rainha reconhece seus erros, perdoa a funcionária e promete viver para transformar seu reino em um local feliz para todos.


9 - O FILHO COVARDE

Batsureg parece ser um acampamento de ciganos ou beduínos ou algo parecido. Todos falam em uma mulher muito bonita que chegou à aldeia e que conquistou o chefe da tribo.

Na tenda principal encontramos o chefe e a mulher, realmente muito bela. Ficamos sabendo que um monstro apavora a cidade e o chefe quer que seu filho mate-o, mas ele demonstra não ter coragem suficiente para tal e treme escondido a um canto quando este aparece.

O chefe e a mulher pedem para que ajudemos o jovem a matar o monstro. Em troca a mulher entregará-nos o fruto sagrado que tem em seu poder.

Prosseguimos no encalço do jovem e encontramos-o na entrada de uma gruta conversando com o monstro. Ele diz que o bicho é seu amigo e que ambos estão em uma farsa cujo objetivo é desmascar a mulher, o verdadeiro monstro disfarçado de bela humana.

Ele parte e o fantasma de sua mãe surge e confirma a estória, pedindo-nos para ir à uma outra grupa coletar um pouco de grama sagrada que mostrará a verdadeira cara da pessoa que se esconde atrás da amante do marido.

Após pegar a grama, entremos-a para o jovem que sai em busca do pai e da mulher. Depois de um teatrinho onde ele finge derrotar o monstro (que na realidade é seu amigo) derrama um chá da grama sobre a mulher que transforma-se em um poderoso e feio monstro.

Nós derrotamos o monstro que devolve o fruto sagrado que havia ingerido e retorna à sua verdadeira forma, um monstrengozinho inofensivo, que pede perdão, etc... O jovem concorda com a condição de que ela mantenha-se junto com o monstro seu amigo. Desta forma ambos não ficarão mais sós. Ambos concordam e partem.

O chefe entrega o poder ao filho, reconhecendo sua honra, coragem e capacidade. O povo aplaude. rsrs

E lá vamos nós para a próxima. :DD

Comentários

Posts relacionados:

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

FF XIV - Raças, Classes e Sistema de Combate

Por André Anastácio Olá Pessoal, Nessa segunda postagem sobre Final Fantasy XIV, quero introduzir alguns pontos chaves sobre a jogabilidade do jogo e seu sistema de classes. Se você ainda não conhece o universo de Final Fantasy XIV, recomendo ler minha primeira postagem sobre o jogo  clicando aqui. Classes O jogo possui um sistema de classes e Jobs que funcionam da seguinte forma: Você seleciona uma classe inicial e, ao chegar ao level 30, faz uma quest especial para desbloquear o Job que funciona como uma forma avançada daquela classe inicial. O jogo possui, hoje, um total de 18 Jobs, sendo 11 do jogo base, 3 da expansão Heavensward, 2 da Stormblood e 2 da mais recente Shadowbringers. Estas classes estão divididas entre Disciples of War (Jobs focados em atributos físicos) e Disciples of Magic (Jobs focados na utilização de magia). É importante saber esta divisão pois muitas vezes o jogo divide quem pode usar determinado equipamento através dela. E gente, eu esto

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p