Pular para o conteúdo principal

(SQUARE-ENIX) Por que Dragon Quest foi para a Nintendo e outras revelações do presidente da SQ


Yoichi Wada, Ceo (presidente) da Square-Enix deu uma longa e esclarecedora entrevista para o site Gamasutra esta semana e entre outros assuntos explica por que o jogo Dragon Quest saiu do Playstation indo para a Nintendo.

Pelo que entendi as vendas do DQVIII no PS2, no ocidente, não foram tudo quanto esperavam que fosse e na hora de lançar o DQIX, com ainda menos consoles do PS3 do que existiam na época do PS2, é lógico que preferiram uma plataforma com mais aparelhos. Como o Xbox360 não é assim tão popular no japão, a opção óbvia foi o DS, com sua enorme superioridade numerica.

Ele diz que a expectativa deles é a que Nintendo seja capaz de fazer por eles, o que eles próprios não conseguiram e tornar o DQIX tão vendável no ocidente quanto é no oriente.

É pena para nós que temos que jogar na telinha este grande jogo. Torcendo para PS3 desatar a vender e reverter esta ida dos rpgs para a telinha da Nintendo.

O Sr. Yoichi comenta também sobre FF. Diz que estão felizes com as vendagens, mas que com relação à qualidade do jogo, alguns gostaram e outros não e que é muito difícil decidir o caminho a seguir para a franquia. FF deveria tornar-se outro tipo de jogo ou continuar o mesmo? É a questão que lança.

Parece bastante sincero ao analisar a perda de espaço dos jogos japoneses contra os ocidentais. Ele cogita a hipótese de que os desenvolvedores japoneses deveriam, talvez, passar a desenvolver jogos mais ocidentais e diz que existe esta tendência, mas que equipe criativa e equipe de vendas ainda não chegaram a um consenso sobre isto.

Se por um lado, o mercado japonês de jogos perdeu espaço na última década, a Square-Enix cresceu muito. Primeiro houve a fusão da Square com a Enix, depois compraram a Taito e finalmente a Eidos e então, naturalmente hoje a Square é muito maior do que antes.

Ele comenta sobre o processo de integração da Eidos, parecendo bastante satisfeito. Disse que preocupam-se em respeitar a cultura das empresas adquiridas e que hoje são uma grande família, trabalhando com os mesmos interesses.

Diz ainda que as fusões tornaram-se uma tendência no mercado e que não descartam novas aquisições. Citou como exemplo a necessidade da empresa em serviços do tipo rede social e deixa claro que é um tipo de serviço ou habilidade que eles tentarão adquirir.

Também comenta que estão tentando introduzir títulos mais ocidentais no oriente e que falta aos japoneses abranger mais tipos de jogos. Que talvez estejam perdendo mercado por estarem focados em apenas alguns tipos de jogos. (foi o que entendi)

Finalmente responde ao comentário do entrevistador sobre o fato de que Nier tornou-se um jogo cult nos Estados Unidos.

Sim, eu pensei que seria um sucesso cult, mas estou dizendo isso como um jogador - não como o presidente da empresa. Como CEO atuei  para torná-lo um grande sucesso. Mas esta equipe Nier, eles apenas fazem sucessos cult. (Risos) - Yoichi Wada.

A entrevista no original em inglês, está aqui: Entrevista em Inglês

A versão em linguagem vagamente similar ao português, está aqui: Entrevista traduzida

...

Simpatíssimo, achei.

Muito interessante a humildade em reconhecer erros, perda de mercado, indagações, etc... Fosse o presidente de uma empresa americana e teria negado tudo e só reafirmado os sucessos e as certezas. Aí está uma grande coisa a se aprender com os orientais. Transparência é muito.

Desperta atenção também a menção às redes sociais. Fiquei pensando nos jogos online de plantações, principalmente, além de outros no Orkut e Facebook que estão estourando de tantos usuários. Será nisto que a Square está de olho?

A gigante japonesa tem jogos para todos os consoles,  plataformas e aparelhos, incluindo os celulares e ipods. Online ou offline. O que falta? Só mesmo isto.

Agradeço mais uma vez ao bom amigo que enviou-me o link para esta notícia.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Detonado basicão, direto ao ponto, com mapas e sem spoilers!

Introdução (História) BOSS: Remora Airship Continue subindo, use o mapa se necessário, há vários inimigos, mas você não precisa matar todos, no caminho há dois itens em baús, aproxime-se deles e pressione (circulo) para pegá-los. Na próxima área existe um Save Crystal, salve seu jogo e continue subindo. Depois de matar os soldados, prossiga e entre pela porta, vão acontecer algumas cenas, o jogo propriamente dito começará. The Royal City of Rabanastre with Vaan ( Mapa do castelo ) ( Mapa da Cidade )  (História) Como Vaan, mate os 3 ratos. Encontre Penelo ao norte e depois vá até a loja de itens para falar com Migelo e em seguida as lojas serão liberadas.Vá para o restaurante Sand Sea e fale com Tomaji, para receber o acessório Oluakea Bangle e sua primeira Mob Hunt, além disso, Clan Report e License são liberados no menu. Clan Report tem as mob hunts, com os nomes dos monstros, mapa do cliente (aperte quadrado) e algumas vezes o nome do lugar onde o monstro está, também te

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.