WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Crepúsculo e Bruno, co-autor de A Itinerante


Acabei de assistir Eclipse da série Crepúsculo, que não tinha visto ainda por absoluta falta de tempo. Hoje decidi fazer esta pausa.

Eu blogava sobre arte quando comecei a ler os livros de Crepúsculo. Fiquei tão envolvida pelo caráter e dignidade de Edward que li todos os outros compulsivamente. Depois reli. Assisti ao filme. Reli. Li uma parte de um original inédito que vazou na rede, o Crepúsculo sob a ótica de Edward que a autora estava escrevendo e que não finalizou nunca (uma pena). Chegou uma hora que não dava mais para continuar relendo e fiquei deprimida por não ter mais de Edward.

Veio daí a vontade de criar meu próprio herói ou personagem. Um que jamais me deixasse e que pudesse carregar comigo eternamente se desejasse. Comecei a escrever uma estória e a postar em capítulos.

Adriel, a minha estória, acabou tornando-se uma trilogia. A trilogia do Anjo, porque Adriel era um anjo apaixonado por uma humana. Foi uma época bem feliz aqui no blog, postando estes capítulos que foram acompanhados por alguns amigos.

Era gostoso criar os personagens e o enredo cheio de becos aparentemente sem saída e permeado de reviravoltas.

Depois escrevi outro romance e cheguei a começar um terceiro quando FF saiu. Acabei mudando o rumo do blog novamente ao começar a postar sobre o jogo. Nunca mais escrevi, e embora de vez em quando batesse uma vontadezinha de criar novamente, o prazer de jogar e escrever sobre games era maior.

Ultimamente tenho sentido um pouco de cansaço de só falar de games, só jogar, só ler sobre games, só assistir vídeos de games ou ouvir músicas relacionadas a games. A inspiração parece que foge e quer voar para outras bandas. rsrs

Hoje, como alguns perceberam no texto abaixo, pela primeira vez desde que foi criado, este blog teve um texto postado por outra pessoa que não eu. Achando que preciso de um descanso ou no mínimo de postar menos, convidei o Bruno para ser co-autor de A Itinerante.

Ele é jovem, adora games, está cheio de gás e de energia e acredito que será um sopro de renovação aqui.

Por hora seguiremos juntos, postando os dois.

No futuro não sei como será. Deixemos rolar e ver o que acontece.

Espero que recebam o Bruno com a mesma gentileza e carinho com que me receberam.

Obrigada.

(Ps.: Adorei Eclipse!)

0 comentários:

Posts relacionados: