WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Fable II - Primeiras impressões, enredo e críticas


Fable II é um dos jogos mais famosos do Xbox 360 e muitas pessoas ainda não tiveram a oportunidade de jogar e têm curiosidade para saber como a história se desenvolve, como que funciona essa parada de Action-RPG, se é verdade que podemos decidir o caminho à seguir, como o seu personagem se desenvolve no decorrer da trama, etc. Por isso decidi fazer esse post, meu post inicial aliás, para tirar essas e outras dúvidas...

OS PRIMEIROS PASSOS EM UM GIGANTESCO REINO

O texto abaixo contém spoilers

A primeira cena de Fable II já impressiona, dá pra ver o cuidado que o pessoal da produção teve com o jogo, o ambiente parece ser muito bem trabalhado, lembrando aqueles vilarejos ingleses feudais, como aqueles dos filmes do Harry Potter. A questão da ambientação do jogo já te dá aquele interesse e aquela curiosidade à respeito do jogo.

Depois dessa primeira cena, somos apresentados ao personagem principal, o pequeno Sparrow e também a sua irmã, os dois são pobres e moram na rua tendo que se virar para sobreviver. Nas ruas a neve cobre tudo e os dois estão encolhidos perto de uma chama que ainda permanece acesa.

No ponto mais alto do vilarejo tem um castelo onde o rei mora sozinho, aparentemente ele perdeu a sua esposa e sua filha em um trágico acidente e o pequeno Sparrow e sua irmã desejam ir morar no gigante castelo para fugir da rua e fazer companhia para o rei, pena que isso é um sonho impossível!

É em meio à esse cenário que os dois escutam rumores sobre um mágico na cidade. Eles seguem até o local e a sua irmã ficará apaixonada por uma caixinha de música, que segundo o homem é mágica e pode realizar qualquer desejo, tudo isso por apenas 5 moedas de ouro, que pechincha!!!!! lol

Como os dois irmãos não tem dinheiro nenhum eles acabam fazendo pequenos trabalhos pela cidade para conseguir as cinco moedas e no meio do caminho salvam um cachorro que fica seguindo os dois. Os dois dão corda na caixinha e uma linda cena se inicia onde a irmã fará o desejo: ir morar no castelo. Ao abrir os olhos e ver que nada aconteceu ela se enfurece por ter sido enganada e por ter gastado o dinheiro, que eles poderiam comer por uma semana, à toa.

Mas no meio da noite os dois são acordados pelos guardas do castelo que dizem que o rei deseja conversar com eles. Os dois se animam e seguem para o castelo. Lá eles tem uma audiência com o rei que descobre algum tipo de poder antigo nos dois, o que faz deles lendários "Heros" e decide se livrar dos dois, ele então mata a irmá do pequeno Sparrow e atira nele, que despenca da torre mais alta do castelo. Só que ele não contava que um Hero pode sobreviver à um acidente desse e o nosso Sparrow é encontrado por seu cachorro e por um grupo de ciganos que o acolhem.

Dez anos passam-se e o nosso Sparrow vira um homem disposto à se vingar, esse é o Start para uma grande jornada...

CRÍTICAS,CRÍTICAS,CRÍTICAS...

Fable traz um história bem interessante e que tem tudo para se manter por longas horas de jogo. Os gráficos in-game não são tão sofisticado, mas são bonitos e trazem um ar meio cartoon à coisa toda.

Você contará com a ajuda do seu fiel amigo cão, que o acompanhará por onde quer que vá e se tornará uma ajuda indispensável.

A jogabilidade é focada no RPG, mas com um toque de ação, ou seja, não temos os famosos turnos por aqui. É possível equipar uma espada no botão X e uma arma de fogo no botão Y, o botão B fica reservado para as magias que são habilitadas no decorrer da aventura e que você pode equipar uma de cada vez, conforme desejar.

A movimentação do personagem flui muito bem e é possível interagir com todos no seu caminho, você pode tentar fazer amizade, impressionar as garotas (ou os rapazes se escolher o personagem feminino), assustar uma pessoa, fazer gracinhas, enfim, a jogabilidade é riquíssima nesse ponto, é como uma vida virtual.

Os vilarejos trazem bem aquela visão do que temos na cabeça sobre a Idade Média, casas meio tortas, telhados de palha, celeiros, animais no meio da cidade, tudo muito bonito e completo, parece que se você se concentrar mais um pouquinho vai sentir o cheiro do lugar, hehe.

Ao longo do se caminho Sparrow terá que fazer várias escolhes que definirão o seu caráter e a sua reputação entre os vilarejos e entre os bandidos. Logo na primeira missão já posso escolher se liberto dois escravos que encontro ou se os vendo para ganhar uma grana, essa escolha é simples mas ouvi dizer que haverá momentos em que o jogo vai testar até à última gota do caráter do jogador.

Agora vamos falar da experiência, aqui sem dúvida temos a maior novidade de Fable II. Você terá 4 tipos diferentes de experiência, a verde que é a normal, a azul que é usada para melhorar os combates, a vermelha que é usada para adquirir e melhorar as magias e a amarela que é utilizada para as Skills. Para adquirir o melhoramento é preciso de uma certa quantidade de Exp. Normal com a da cor específica da habilidade que você quer adquirir. Isso na minha opinião é um dos charmes do jogo, você pode escolher em que se especializar primeiro e você tem o controle da experiência à ser gasta.

Além das missões principais, há também muitas quests para fazer, e nisso Fable II também inova, pois não haverão apenas as sidequests comuns que temos em RPG's, é possível aceitar trabalhos nos vilarejos para ganhar dinheiro, por exemplo, há um vilarejo que precisa de um ajudante para o BlackSmith, você poderá ser esse assistente, esses trabalhos consistem em mini-games, e após completá-los você ganhará a sua recompensa em dinheiro e o desafio ficará mais difícil. Você pode fazer quantas vezes desejar para ganhar mais dinheiro.

Enfim, essas foram as primeiras impressões que tive ao jogar Fable II, que parece ser um excelente jogo, com boas ideias que foram muito bem aproveitadas, temos alguns slowdowns de vez em quando, mas nada que atrapalhe e os gráficos não são tão modernos mas não são feios. Ainda não me dediquei à explorar tudo que o jogo oferece por causa do Resonance, mas com certeza esse será o meu próximo jogo e vocês ainda verão muitos posts sobre ele.

1 comentários:

Brunoliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Posts relacionados: