Pular para o conteúdo principal

Entrevista: God of War: Fantasma de Esparta (PSP)

Entrevista: God of War: Fantasma de Esparta (PSP):

"Sentamo-nos com a Ready at Dawn para falar de God of War"

Trechos:

P: Sim, o fim de God of War 3, o destino de Kratos é deixado um pouco ambíguo. Você acha que a franquia poderia sobreviver sem ele?

R: Eu acho que a franquia é definitivamente capaz de sobreviver sem Kratos. Há bastante material que aconteceu antes e, potencialmente, depois de Kratos que não necessariamente tem que sobreviver. Por mais que Kratos faz a franquia de hoje, acho que o importante nisso é que não é Kratos: The Game. É o Deus da Guerra. É um IP maior do que apenas a história de Kratos, mas ele é o personagem mais importante agora. Então eu não sei, talvez no futuro, poderão ser tomadas de outra forma. Ela precisa dele agora, para o curto prazo, pelo menos, mas talvez não no futuro.

P: Onde você vai vê-lo?

R: Estamos todos trabalhando em idéias. Poderíamos levar Kratos para a idade moderna, usar mitos diferentes. Mitologias nórdica, as mitologias oriental, persa. Há espaço de sobra para fazer coisas, mas isso não quer dizer que é porque você deve fazê-lo. Você só deve fazer alguma coisa se faz sentido, no grande esquema das coisas e agora eu acho que há espaço. Mas eu não gostaria de ver spin offs saindo por todo o lugar onde ele está como "Ei, aqui está um jogo sobre a Athena!".

Q: Você acha que isso tende a acontecer?

RW: Em IPs? Às vezes. Você sempre se sente como "Por que eles fizeram isso? Dê um descanso para alguns anos e depois trazer de volta". Eu prefiro os desenvolvedores e editores de fazer isso, que seja por alguns anos, dar um tempo e você pode trazer de volta maior e melhor.

Post da VideoGamer publicado há menos de 2 horas.

...

Muito interessante. Leiam.

Às vezes acho que falo um monte de besteiras e fiquei bem contente ao ler este post e ver um executivo de GoW falando sobre o mesmo que falei ontem ao refletir sobre o futuro da franquia.

Vocês não gostaram, mas até que eu não estava assim tão por fora ao cogitar de um GoW no mundo moderno. E ele mencionou esta possibilidade em primeiro lugar. Notaram? lol

Talvez eles fossem sensatos se dessem uma pausa para GoW respirar, como mencionou no último parágrafo que destaquei da entrevista.

Bem legal. :D

Comentários

Posts relacionados:

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

FF XIV - Raças, Classes e Sistema de Combate

Por André Anastácio Olá Pessoal, Nessa segunda postagem sobre Final Fantasy XIV, quero introduzir alguns pontos chaves sobre a jogabilidade do jogo e seu sistema de classes. Se você ainda não conhece o universo de Final Fantasy XIV, recomendo ler minha primeira postagem sobre o jogo  clicando aqui. Classes O jogo possui um sistema de classes e Jobs que funcionam da seguinte forma: Você seleciona uma classe inicial e, ao chegar ao level 30, faz uma quest especial para desbloquear o Job que funciona como uma forma avançada daquela classe inicial. O jogo possui, hoje, um total de 18 Jobs, sendo 11 do jogo base, 3 da expansão Heavensward, 2 da Stormblood e 2 da mais recente Shadowbringers. Estas classes estão divididas entre Disciples of War (Jobs focados em atributos físicos) e Disciples of Magic (Jobs focados na utilização de magia). É importante saber esta divisão pois muitas vezes o jogo divide quem pode usar determinado equipamento através dela. E gente, eu esto

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p