WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A crise na indústria de games - Parte 2 - Os donos do jogo

Era assim:

Agora é assim:

A indústria japonesa perdeu 19% do mercado mundial para empresas ocidentais nos últimos 5 anos.

Conforme disse na Parte 1 desta série, fiquei curiosa em saber se realmente a indústria de games japoneses estava em crise ou se toda a indústria ou se não havia crise e se havia, qual o tamanho e proporção.

Enfurnei-me no site da VGChartz coletando um número infindável de números e comecei a analisar os dados de "n" formas diferentes. Este post é apenas uma prévia, um aperitivo, digamos assim, do relatório completo que somente poderei liberar em janeiro, após o fechamento do ano. Para hoje, projetei as últimas 6 semanas do ano com base no mesmo período de 2.009, o que implica em um acréscimo de 30%.

Para chegar aos resultados acima, coletei os dados de vendas de games no mundo inteiro, ano a ano, desde 2005. Na página de estatísticas anuais o VGChartz acrescenta também uma lista com as 30 empresas que mais venderam naquele ano. Somando as vendas destas 30 empresas, descobri que significavam mais de 90% do total comercializado.

Coletei os nomes das 30 de cada ano e unifiquei em uma planilha, ficando com cerca de 50 nomes, já que muitos repetiam-se ano a ano. Ao fazer isto fui percebendo algumas fusões entre elas e percebi que teria que descobrir os agrupamentos, digamos assim, de todas, pois a cada ano, mais destas ocorriam. Através do Wikipedia Companias, identifiquei qual empresa ou estúdio pertencia a quem e ao final minha lista total havia retornado ao mesmo número de 30 empresas.

A maior parte das empresas, tanto japonesas quanto ocidentais é hoje um guarda-chuva onde abrigam-se vários nomes, como, por exemplo, a Square-Enix que é a junção da Square + Enix + Taito + Eidos + ... em um total de 16 empresas ou estúdios. A lista total com todas as empresas que se agrupam nestas 30 contém 201 linhas e apenas algumas empresas ainda permanecem em configuração única. Eventualmente posso ter perdido alguma ligação e agradeço se retificarem caso percebam. Tendo todas as empresas que compunham a lista, voltei ao VGChartz e coletei os dados anuais faltantes de todas as 201 empresas, descobrindo que apenas 50 são ativas no sentido de lançarem e venderem games sob seu nome.

Isto feito, somei cada grupo e tive minha nova lista de empresas: as donas do jogo, as 30 desenvolvedoras  responsáveis por 97% todos os games vendidos mundialmente!  Em 2005 a participação delas era de 99%!!! E isto para um total anual aproximado de 200 empresas. Ou seja: Em 2005, cerca de 150 empresas desenvolveram e lançaram games no mercado e venderam apenas 1% do total comercializado. Todo o restante foi vendido por estas 30. Em 2010 estas pequenas empresas triplicaram sua participação no mercado, passando para 3% (!!!) do mercado.

Aqui estão elas, em ordem das unidades vendidas em 2.010:


VENDAS DE GAMES EM 2010
 -  POR DESENVOLVEDORA  -
Milhões
R
N
EMPRESA
Unidades
%
J
Nintendo *
102
18,0%
O
Electronic Arts *
69
12,3%
O
Activision *
58
10,3%
O
Take-Two *
42
7,5%
O
Ubisoft *
35
6,3%
J
Sony *
28
5,0%
O
Microsoft
23
4,1%
J
Square Enix *
23
4,0%
J
Sega *
22
3,9%
10º
O
THQ *
20
3,6%
11º
J
Namco Bandai *
19
3,4%
12º
J
Konami *
18
3,2%
13º
O
Disney *
14
2,6%
14º
J
Capcom *
14
2,5%
15º
O
Warner Bros *
11
2,0%
16º
O
LucasArts
7
1,3%
17º
O
Bethesda *
6
1,0%
18º
O
MTV Games
5
0,9%
19º
O
Codemasters *
4
0,8%
20º
O
Majesco
4
0,6%
21º
O
Midway Games
3
0,6%
22º
O
505 Games
3
0,5%
23º
J
Tecmo Koei *
3
0,5%
24º
J
Level 5
3
0,4%
25º
J
Atlus
2
0,4%
26º
O
Crave
2
0,3%
27º
O
Destineer
2
0,3%
28º
O
Aksys Games
2
0,3%
29º
O
SouthPeak*
1
0,2%
30º
J
Takara Tomy *
0
0,1%
97,0%
Outras ± 150
17
3,0%
563
100,0%
Obs.: Últimas 6 semanas projetadas de acordo com igual
período de 2.009, em acréscimo de 30% ao total.
* = Composta por mais de uma empresa. O resultado é a
soma das vendas de todas as empresas do grupo.
Fonte dos dados: www.vgchartz.com
Compilação: aitinerante.blogspot.com


E isto é o que aconteceu quando coloquei em ordem da nacionalidade em um gráfico:


As áreas em marrom/abóbora são das empresas japonesas, as azuis das empresas ocidentais e a lilás das aproximadamente 150 outras empresas. As áreas mais escuras são de empresas que venderam (ou venderão até o final do ano) mais de 50 milhões de unidades em 2.010, as de cores médias correspondem às vendas superiores à 20 milhões e assim por diante.

Aqui podemos ver nitidamente como se processou a perda de mercado japonês ano a ano e o ganho de espaço por empresas ocidentais, tanto as que já estavam em 2005 quanto outras que foram surgindo em 2006 e 2007 (Bethesda, MTV, Codemaster, 505, Aksys, SouthPeak e Destineer).

Do lado japonês, a participação no mercado diminuiu, e as empresas se restringem a 10 grandes, mas elas mantém-se na liderança e apenas uma nova surge (Level 5).

A situação parece feia olhando deste prisma, de % de participação no mercado, mas gostaria que vissem a situação sobre o prisma dos números absolutos:


Como podem ver, mesmo com a leve queda em 2.009 e (projeta-se) em 2.010, o tamanho do mercado como um todo aumentou 357% nos últimos 5 anos!!!

Então...

Será que elas tem mesmo do que reclamar em termos de crise???

Afinal de contas tivemos uma crise mundial devastadora em muitos países. Uma queda de 3% de 2.008 para 2.009 e de 5% de 2.009 para 2.010 não parece tão ruim frente à queda de outros mercados e frente ao crescimento nos anos anteriores.

...

Como disse ao início, isto é apenas uma prévia e os gráficos serão refeitos e postados novamente tão logo os dados de 2.010 estejam disponíveis.

A tabela original com todos os dados e os gráficos em excel estão disponíveis para todos os comentaristas do blog que tiverem interesse, bastando apenas requisitar o envio por email.

Estou fazendo muitas outras análises para ter uma visão geral completa e não parcial como esta. Uma delas, que ainda não fiz (pretendo fazer), refere-se à estes mesmos gráficos, mas apenas para o mercado japonês.

Será que perderam espaço também em casa? Uma breve olhada no VGChartz indica que nem tanto. As maiores globalmente lá estão, mas colocadas nas posições medias a inferiores. Isto é bom, ainda que o mercado japonês signifique apenas cerca de 11% do mercado global.

Espero que tenham apreciado estas análises. Agora temos uma visão mais abrangente do mercado de vendas de games mundial e poderemos entender melhor os comentários e análises que virão por parte de analistas de todo mundo, tão logo o ano se finde. Aliás, até onde sei, nunca o mercado de games foi mostrado de forma tão clara.

(Obs.: Tomei muito cuidado com todos os números, mas dado à grande quantidade de dados manipulados, caso vejam algum erro, imprecisão ou incorreção, por favor, avisem.)

:D

0 comentários:

Posts relacionados: