WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

domingo, 20 de novembro de 2011

DLC's: até tu, Mario?


Estamos acompanhando várias promoções que a SE está fazendo em lojas locais japonesas e até mesmo aqui no ocidente (gamestop, amazon, etc..) para promover FFXIII-2, dando DLC's ou outros brindes especiais para quem comprar por ali.

No início, vi apenas como mais publicidade gratuita para o jogo e para a Square-Enix e apenas a pouco me toquei que também pode ser uma tática para combater a pirataria. Não sei se é inovadora, porque não prestei atenção à outros lançamentos, mas acho um caminho promissor.

Aliás, DLCs parecem estar se firmando como a única forma viável de incentivar os gamers a comprar jogos originais.

Por um lado é interessante, mas por outro, estas DLCs no futuro podem tornar-se nossa desgraça, algo que nos obrigará a continuar pagando sempre mais e mais e mais.

Até mesmo a Nintendo, cujas DLCs sempre foram gratuitas, anunciou que liberará em breve uma atualização para o 3DS que permitirá a venda de conteúdo online a seus desenvolvedores. O presidente da Nintendo, Reggie Fils-Aime, deu entrevista para a AOL sobre o assunto dizendo que é contra a venda de DLCs no sentido de venda do jogo aos pedaços. Ele acredita que os jogadores, ao adquirirem um game, querem (e é justo) que estejam adquirindo uma experiência completa. Nada impede porém, que possam oferecer mais, à parte.

Ou seja, defende um mínimo de moralidade neste comércio incipiente.

Um comércio que já nasce necessitando de limites, de parâmetros, é no mínimo perigoso. Podemos esperar todo tipo de comportamento.

Haverão desenvolvedores cujas DLCs serão totalmente opcionais e inócuas e outros cujas DLCs serão de alguma forma tão importantes que não poderemos deixar de adquirir.

Quem ditará as regras para o futuro?

Os jogadores! A partir do momento em que embarcarmos na onda das DLC's e começarmos a comprar tudo o que for disponibilizado, estaremos "autorizando" todo tipo de abuso.

Fique ligado e adquira DLC's com bom senso. :D

0 comentários:

Posts relacionados: