Pular para o conteúdo principal

Viagem ao passado


Hoje, depois de resolver uma questão bem chata, fiquei horas lendo a estória do jogo, que só tinha lido aos pedaços. Queria estar preparada para quando ele postar os diálogos do True Ending. Morrendo de medo que não faça, que por algum motivo não poste.

Ele tem uma narrativa tão divertida, porque implica muito com a Serah, dizendo que ela é burra de um jeito tão engraçado, que por várias vezes me peguei rindo sozinha com a tela. Não estou trazendo estes pontos de vista dele, porque desejei trazer para vocês uma tradução mais isenta, para que possam vocês próprios formarem suas opiniões.

Quando terminei, deitei-me e fiz uma pequena viagem ao passado enquanto tentava dormir, lembrando da época em que comecei a blogar sobre XIII e também não sabia nada sobre o jogo e cada episódio era uma grande descoberta.

Sentia-me como uma criança desvendando um lugar encantado, com estes mesmos olhos cheios de ingenuidade e prazer. Lembro-me da decepção dos primeiros capítulos, totalmente engessada. E do deslumbramento com cada pequena descoberta que ia fazendo ou que surgia à minha frente: a linha de ferro abandonada, tão familiar, Cid, o deslumbramento com a liberdade em Pulse, a alegria ao ver o primeiro Chocobo, o temor ao avistar Tonberry, a paz com a vista de The Faulkwarrens, a vontade de lutar com o Titan, o choro naquele final magnífico, a adrenalina da primeira tartaruga derrotada e tantas e tantas outras sensações e emoções.

E que fui colocando aqui, de forma totalmente livre e espontânea, sem me impor qualquer tipo de censura, com total liberdade e tendo a grata surpresa de encontrar eco em vocês. Foi uma época bem feliz.

Deitada na cama, lembrando, minha vontade era de voltar realmente no tempo e continuar ali, aqui, daquela forma, pela eternidade, como se presa em um eterno sonho feliz, como Serah em um momento do jogo.

Vontade daquele aconchego, daquele bem estar!

Hoje tudo é muito diferente. Já conheço o jogo todo, praticamente não haverão surpresas. E ao longo destes quase 2 anos várias decepções foram ocorrendo. Com a Square-Enix, com XIII-2, com Versus, com leitores, com outros sites, com amigos e não tão amigos.

Cada um destes eventos parece que rouba um pedacinho de meu coração, uma parte de minha ingenuidade de criança, de meu encantamento com a série e com o ato de blogar sobre ela.

Às vezes, como hoje, ao lembrar-me de como era, de como me sentia, sinto-me tão triste. Percebo que o vaso quebrou irremediavelmente, que ainda posso colar e que talvez dure mais uns tempos, mas um dia vai quebrar de vez e não terá mais conserto e mesmo enquanto isto não acontece, não é mais o mesmo.

Não tem mais o brilho das coisas novas e puras. Eu queria Finais Fantasys como antigamente, como X ou até como XIII. Queria não conhecer outros sites, nem saber dos rumos da SE. Queria nunca ter conhecido fanboys e ainda crer que todos que me leem me apreciam. Queria esperança. Voltar a ser criança. Sonhar. Acreditar.

Queria que o portal do tempo existisse e eu ficasse aqui, há 2 anos, para sempre embalada naquela alegria inocente.

Que pena que máquinas do tempo não existam de verdade.

(Ignorem este post se possível. Nem é tanto para vocês, apenas tenho este desejo neste momento de escrever algo meu, totalmente real. Talvez para registrar um momento, talvez apenas para saber que ainda posso escrever algo que venha limpo e inteiro do coração.)

Comentários

Cleyton disse…
Que bonito.  Um momento de reflexão sempre é bom. =D
Iara Cristina disse…
"... talvez apenas para saber que ainda posso escreer algo que venha limpo e inteiro do coração."

Muito lindo menina!

Mas você traduziu a sensação de frustração que temos ao terminar um RPG. Aquela coisa de quero mais!!! Mas, acabou! :(

Um feliz 2012 para você e todos os amantes de RPG.
aitinerante disse…
Obrigada Iara. Para você também e espero que para todos: um 2.013 melhor, inclusive para nossos games. :D
Matheus disse…
Estou chocado, você resumiu tudo que muitos de nós sentimos ao descobrir, mesmo por acidente, algo sobre um jogo muito esperado.

Sim, era boa a época em que não sabia-mos nada sobre os jogos, no máximo o que diziam as revistas, mas hoje, da para ver o vídeo final antes mesmo de o jogo ser lançado.

Tento evitar muito isso...
aitinerante disse…
Eu teria que parar de blogar e de acessar os sites de games para voltar àquela inocência.

E também não consigo não ver, não saber.

Saber sobre o jogo não me incomoda. O pior mesmo é saber de seus problemas. E isto, acho que é melhor saber antes, mesmo. Para não decepcionar muito depois. 

Ah... Nem sei mais o que seria melhor.
Pedrão disse…
Olha neiva, estava sentido isso antes mesmo de vc desabafar.. já havia dito aqui sobre o crescimento do descontentamento do jogo e das seguidas descepçoes... acompanhei o XIII com voce ( antes de jogar denovo para platinar...) pois tambem comprei o jogo logo quando foi lançado... lá sim era um tom sempre único no seu blog: a surpresa.. sendo boa ou ruim... mas era sempre surpresas no jogo... eu confesso que parei de ler alguns post seus dos spoiler deste jogo (XIII -2) pois só quero voltar quando voce estiver jogando mesmo e isso daqui a um mes ainda...
Mas acho que cada vez mais que voce traduz o jogo menos surpresas voce terá no quando jogar/blogar ...
Fica aqui minha opniao... Feliz Ano Novo á todos!!!
Tom disse…
NEIVA!!!!!!!!!! NÃO SE PREOCUPE!!!!

NÓS SEMPRE (um baita ênfase no sempre) ESTAREMOS AQUI PRA TE APOIAR EM TUDOO!! :D

BEST BLOG EVEEEER!!!

desculpa o caps.

Ás vezes, tudo que precisamos é uma demonstração de carinho, amor e amizade.
Quando tudo parece estar contra nós... um bom e VERDADEIRO amigo sempre é bem vindo.

Torcida: NEIVA! NEIVA! NEIVA! NEIVA! NEIVA!
aitinerante disse…
:D

Obrigada. Foi só um momento. Passou. rs
aitinerante disse…
Pedrão, estou tentando não prestar atenção aos mapas, itens, fragmentos, lutas, estas coisas. Agora a estória não tem jeito. É o que mais me prende em Final Fantasys e não consigo esperar. rsrs

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Detonado basicão, direto ao ponto, com mapas e sem spoilers!

Introdução (História) BOSS: Remora Airship Continue subindo, use o mapa se necessário, há vários inimigos, mas você não precisa matar todos, no caminho há dois itens em baús, aproxime-se deles e pressione (circulo) para pegá-los. Na próxima área existe um Save Crystal, salve seu jogo e continue subindo. Depois de matar os soldados, prossiga e entre pela porta, vão acontecer algumas cenas, o jogo propriamente dito começará. The Royal City of Rabanastre with Vaan ( Mapa do castelo ) ( Mapa da Cidade )  (História) Como Vaan, mate os 3 ratos. Encontre Penelo ao norte e depois vá até a loja de itens para falar com Migelo e em seguida as lojas serão liberadas.Vá para o restaurante Sand Sea e fale com Tomaji, para receber o acessório Oluakea Bangle e sua primeira Mob Hunt, além disso, Clan Report e License são liberados no menu. Clan Report tem as mob hunts, com os nomes dos monstros, mapa do cliente (aperte quadrado) e algumas vezes o nome do lugar onde o monstro está, também te