quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Boicote a Square-Enix: texto para discussão




Criei estas imagens para o boicote. A idéia é que sejam divulgadas para sites, juntamente com o link para o abaixo-assinado online, de forma que quem clicar nela acessaria o texto explicativo, com nossas razões para boicotar e embaixo a lista das pessoas que aderiram.

Texto para discussão:

NOSSA PACIÊNCIA ACABOU

Nós, abaixo-assinados, decidimos boicotar os produtos da empresa Square-Enix Holdings Co. até que ela comprove que Final Fantasy Versus XIII continua sendo desenvolvido e não foi cancelado conforme rumores. A comprovação deverá ser feita através de trailer com gameplayer e imagens inéditas, além da divulgação de uma data-base para o lançamento do jogo.

Final Fantasy Versus XIII foi anunciado em Jun/09 e divulgadas informações, imagens e trailers ao longo destes anos até Jan/11. Após esta data tudo o que recebemos da Square-Enix relativo ao jogo são pedidos por nossa paciência. (veja o time-line do jogo)

Existem razões para se acreditar que o jogo foi cancelado devido à problemas técnicos e custo de produção e que esta informação não é divulgada por interesses mercantilistas da empresa, pelo receio de queda nas vendas pela decepção dos seus fãs.

Nós estamos furiosos, decepcionados e irritados com a Square-Enix.

Ao longo destes 25 anos aprendemos a amar e a respeitar a franquia Final Fantasy, mas nos últimos dois anos foram muitas decepções:

- Final Fantasy Type-0 foi lançado no Japão e não no Ocidente, apesar da empresa ter feito ampla divulgação do jogo em todos os continentes, cultivando nossa expectativa. Ela não divulgou uma data para o lançamento da versão ocidental e nem deu qualquer notícia sobre o assunto.

- Final Fantasy X: em Set/11 a Square-Enix anunciou que lançaria uma versão HD do jogo, em comemoração ao seu 10º aniversário. Um ano se passou, a versão não foi lançada e a empresa não comenta o assunto.

- Final Fantasy XIII-2: o jogo que tem Lightning como garota propaganda apesar de não ser uma personagem jogável foi lançado em Dez/11 com várias declarações de Toriyama e Kitase de tratar-se de uma história sobre reconstrução e esperança, nutrindo os fãs com a expectativa de um final feliz para Lightning e sua equipe. Ao invés disto deparamo-nos com uma estória de morte e destruição, sem um final definitivo ou conclusivo. A empresa foi enigmática a respeito, negando-se a confirmar ou desmentir um terceiro jogo com um final diferente.

- Final Fantasy Lightning Returns XIII: este jogo foi anunciado em Set/12. Não há informações da empresa sobre ser ou não a continuação de XIII e XIII-2 e se os eventos de ambos XIII serão retomados e finalmente concluídos. Não foi mostrado nenhum trailer e nem divulgada qualquer data. A empresa disse que em 04/09/12 haveriam mais informações e novidades no site oficial do jogo e até hoje, 06/09/12 não há nenhuma alteração e nenhuma explicação da empresa.

- Final Fantasy Versus XIII: em Jul/12, o site Kotaku fez um post sobre o provável cancelamento do título. Devido à repercussão do post, o CEO da empresa Yoichi Wada negou o cancelamento. No evento do aniversário de 25 anos da série Final Fantasy foi divulgado um desenho de Noctis onde estava escrito para aguardamos sua vez e no dia seguinte foi divulgada sua ausência na próxima TGS.

Devido ao conjunto destes fatos perdemos a confiança na empresa e decidimos que não compraremos mais qualquer produto da Square-Enix até que ela comprove que continua produzindo Final Fantasy Versus XIII ou que confirme o cancelamento.

Nossa paciência acabou. Podemos continuar esperando, mas não queremos ser enganados. Queremos saber a verdade antes de continuarmos consumindo produtos da empresa, mesmo que esta verdade implique na confirmação do cancelamento de Final Fantasy Versus XIII.

Queremos o respeito que merecemos após 25 anos de fidelidade à série.

São Paulo, 06/09/12

Abaixo assinados:

...................................................................................

Gostaria que comentassem sobre as imagens e o texto. Assim que tivermos um texto definitivo e sua tradução para o inglês (ao menos), registrarei em um site de petições online e divulgarei o banner com o link para colhermos assinaturas.

0 comentários:

Posts relacionados: