sábado, 1 de setembro de 2012

FF Lightning Returns XIII: uma questão de fé.

Uma das primeiras imagens de Lightning Returns
Há aproximadamente 2 anos atrás, este blog aguardava ansiosamente pela Conferência Nova Crystallis, que se realizou em Jan/11. Tínhamos até um contador que mostrava quantos dias faltavam para o evento no qual esperava-se o anúncio de uma data para Versus, principalmente. Nomura era o nome principal da série e parecia animado com os avanços de Versus.

Entretanto, ele se ausentou da conferência e este foi o primeiro indício de que havia algo errado. Foi tão decepcionante! Vocês podem saber um pouco sobre como foi lendo este post: http://aitinerante.blogspot.com.br/2011/01/conferencia-square-enix-conclusoes-e.html.

Decidi parar de blogar e se não o fiz radicalmente, o fiz parcialmente. Desde aquela época tenho postado cada dia menos.

Acho que aquela conferência foi um marco. Começou ali uma série de desrespeitos aos fãs de Final Fantasy.

De lá para cá Versus (e Nomura) desapareceram, Final Fantasy Agito XIII foi renomeado para Type-0, lançado no Japão e não no Ocidente, Final Fantasy XIII-2 termina sem que se saiba se é ou não o final, anunciam uma remasterização de Final Fantasy X e na sequência "esquecem" o projeto, etc...

O pior de XIII-2 foram as declarações de que seria uma estória sobre esperança, fé, reconstrução e nos darem um jogo de morte e destruição.

Desta forma, não me surpreendo nada com este evento de aniversário dos 25 anos da série, ainda mais que Kitase veio a público dias antes para preparar nosso espírito para a decepção, dizendo que seria "uma apresentação incomum, mas ainda assim válida". Foi um evento feito com fumaça, com nada. Uma estratégia de marketing que teria sido glorioso se o departamento de produção tivesse algo a mostrar.

Ou o projeto está ainda em seu estágio inicial ou a Square-Enix foi muito infeliz na forma de o apresentar.

Se eles têm realmente um trailer, se o jogo já está jogável, porque fazer uma conferência de repercussão mundial e não mostrá-lo? Para criar um clima, para upar o interesse?

Square-Enix está em situação de poder fazer isto? Após tantas críticas, de enfurecer e frustar sistematicamente os fãs ao longo destes dois anos, tanto com o final enigmático de XIII-2 quanto com a falta de notícias de Versus eles devem saber que muitos fãs já abandonaram a série e que os restantes estão prestes a fazê-lo também.

Ou eles são realmente uma tragédia em estratégia de marketing ou querem mostrar que têm algo, quando na realidade não tem.

Final Fantasy é o título mais valioso da Square-Enix e, ao mesmo tempo, curiosamente, é aquele que recebe os menores investimentos. Porque?

Desde o ano passado a Square-Enix deixou claro que sua estratégia de mercado deixou de privilegiar os jogos em console e o desenvolvimento de grandes jogos (leia-se Final Fantasy) em prol das plataformas sociais e dos portáteis e o desenvolvimento terceirizado.

O único título que ainda resiste, que ainda está em desenvolvimento na Square-Enix, é Final Fantasy. E isto porque é o que dá nome à empresa. A impressão é exatamente esta: eles não querem mais fazer estes jogos, mas não podem deixar de fazer para não perder mercado. Assim, seguem fazendo o mínimo possível. "Fazendo de conta" que estão trabalhando ativamente e arduamente, quando na realidade não estão.

Quando lançam um jogo é assim como foi XIII-2: meia-boca, com pouquíssimo dos Final Fantasys originais e muito da tendência atual de jogos rápidos e superficiais. Sistema de combate e de evolução inferior para que qualquer jogador possa zerar em poucas horas, exploração praticamente nula, mundo "fake", sem shops, sem airships e com uma estória idiota escrita pelo retardado do Toriyama.

E Nomura? Sumiu. Escafedeu. Desapareceu. Ele ainda trabalha na Square-Enix?

Enfim... Esta conferência não foi nada diferente do que fizeram ao longo dos últimos dois anos. Talvez tenha sido o ápice do desrespeito e depois disto tenham perdido de vez a confiança de seus fãs.

Quem aqui vai ficar animado com a próxima conferência? Eu realmente não vou. Sequer deixarei de fazer o que quer que queira, para ficar assistindo.

Estas são as más noticias.

As boas:

Aparentemente teremos um novo jogo, tendo Lightning como personagem principal, em um mundo novo e não reaproveitado de XIII. Será para consoles, PS3 e Xbox360, e sairá no ano que vem. Digo aparentemente porque depois de tantos jogos anunciados e não lançados ou não ocidentalizados, não há garantias de que efetivamente será lançado, que será em 2.013 e que virá para o ocidente.

Temos uma promessa, uma indicação de que daqui há 1 ano talvez tenhamos um novo Final Fantasy.

Você acredita? Ser fã de Final Fantasy que é desenvolvido pela empresa Square-Enix tornou-se uma questão de fé. Existem aqueles que acreditam e os que não acreditam.


Irmãos, vamos orar?

0 comentários:

Posts relacionados: