WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Final Fantasy XIV ARR não tem versão para Xbox 360 por culpa da Microsoft



Sempre pensei que esta questão de consoles é uma besteira e que no futuro deveríamos ter uma única plataforma ou que pudéssemos jogar um game em qualquer plataforma que desejássemos. Finalmente pude ver um pouco desta ideia com o Beta Test de Final Fantasy XIV A Realm Reborn, quando criei um personagem no PS3 que depois acessei e joguei no PC.

O diretor de FFXIV ARR, Naoki Yoshida, deu uma entrevista ao RPGSite defendendo a ideia do multiplataforma e dizendo que gostaria que todos os players, independente da plataforma ou console utilizados, pudessem compartilhar um mesmo ambiente e interagir entre si e que somente não há uma versão Xbox360 do jogo porque está contra os princípios da Microsoft que players da Xbox Live interajam com players de outras plataformas como a PSN.

Em minha humilde opinião a Microsoft só tem dado bola fora ultimamente. Já voltou atrás com a questão da obrigatoriedade de conexão e de cobrança por jogos usados. Não estranharia que voltasse atrás também nisto, pois FFXIV prenuncia-se como um verdadeiro sucesso do qual os caixistas serão excluídos.

Espero que em algum momento percebam que não são a última bolacha do pacote e que os gamers é que mandam e não eles.

Finalizando, vejam esta ótima paródia musical sobre a guerra dos consoles:


0 comentários:

Posts relacionados: