Pular para o conteúdo principal

Velhinha e cansada




Não sei quantos de vocês acompanharam a maratona de Speed Running. Eu e meu filho mais novo, com certeza e André também. Último jogo que vi foi Final Fantasy IV ontem, finalizado em 2:21 hs. Tá certo que no finalzinho usou um bug doido que o jogou direto nas lutas finais, mas já estava quase lá quando isto aconteceu e foi uma experiência e tanto ver isto.

Eles arrecadaram US$ 253.326,66 em donações para os Médicos sem Fronteiras, nestes 5 dias que passaram confortavelmente sentados, jogando e rindo entre amigos, ou seja, sem o menor esforço, fazendo exatamente o que gostam de fazer. Tão raro!

Adorei observar aquele grupo de gamers doidos, totalmente enturmados e desencanados da vida, parecendo absolutamente relaxados, como se não houvessem sempre ao menos 30 mil pessoas assistindo.

Ontem mesmo me deparei com este post e fiquei pensando em porque não poderia ser sempre bonito e agradável. Porque atos como esse e confraternizações com intenções de caridade ou simples diversão tem que ser praticamente uma utopia?

Não pode, porque faz parte do ser humano não cultivar o bonito, o agradável e simples. Porque gostamos de dificultar e complicar. Eu inclusa. Lástima!

Eu blogo desde Jul/08 e sempre foi gostoso, mas os primeiros tempos em que bloguei sobre Final Fantasy foram os melhores. Era divertido, instigante, criativo, desafiador. Era uma festa diária de confraternização.

Depois vieram os meses de espera pela Conferência de 18/01/11 onde todos esperavam o anúncio do próximo Final Fantasy: Versus! Fizemos contador de dias e vivemos em agonia contando os minutos até o anúncio. Eis que Versus só ganha um novo trailer, com quase nada de novidade e o novo Final Fantasy anunciado é XIII-2. E dali por diante foi uma descida ladeira abaixo.

Aquele foi exatamente o ponto decisivo. A conferência dividiu os fãs em duas grandes facções: os que apoiam a Square-Enix, seja lá o que ela fizer e os que nunca se conformaram com o rumo dos acontecimentos e que gritaram e esbravejaram, clamando pelo retorno dos Final Fantasy tal como amavam, grupo no qual me inclui. Naturalmente as duas partes se odiavam e etc... etc... etc...

Naqueles tempos, ninguém estava entendendo direito o que acontecia e foi só ao longo destes mais de dois anos é que fomos juntando os pedacinhos do quebra-cabeças até formar o painel completo que temos hoje: Final Fantasy tal como amávamos não voltará a existir, morreu, acabou. Em seu lugar foi surgindo um novo gênero, baseado em ação, mais fácil, rápido, ágil, dinâmico, adaptado ao perfil dos novos jogadores.

Fico pensando: se naquela época eu já visse o quadro completo e entendesse a inevitabilidade e a inexorabilidade (algo que não pode ser evitado ou alterado) teria agido da mesma forma? Provavelmente não despenderia tanto amor, tanta energia e sentimento em algo que não mudaria. Teria aceitado tal como aceitamos a morte e outros destinos inevitáveis.

Apenas não gostaria, como não gosto, que tenham mudado o produto sem uma notificação expressa. Ainda penso que o correto teria sido a adoção de outro nome para esta outra franquia, de forma a não confundir os fãs, mas mesmo isso sei que não teria sido feito, pois o objetivo era justamente esse: aproveitar os fãs de Final Fantasy clássico enquanto não arrebanham novos fãs para o novo estilo.

Mas, principalmente, teria evitado envolver-me com muitas discussões com os fãs da outra facção. Eles é que são felizes, afinal de contas. Eu os invejo porque não perderam algo importante, como eu e os do meu lado perdemos. Não ficaram orfãos de uma série que amavam, não foram espoliados como fomos. Eles são realmente felizes, ao menos mais do que nós. E hoje não me sinto mais com o direito de tirar esta fantasia de ninguém e peço desculpas se tirei ou dos que tirei.

Em virtude destas divergências e devido à minha descrença na SE, acabei me afastando do blog, o que senti muito, pois realmente gosto de blogar.

Quando comecei a jogar o Beta Test de Final Fantasy XIV empolguei-me e senti desejo de voltar a blogar e imaginei que poderia ser como antes: uma festa, repleta dos fãs de Final Fantasy e todos felizes, etc...

Não sei como ainda posso ser tão ingênua às vezes, mas é assim que sou. Memória curta. lol

Final Fantasy XIV nem foi lançado e já há brigas e disputas entre os players brasileiros. E eu olhando as coisas acontecerem fico pensando na utopia com a qual comecei este texto: porque não podemos simplesmente estarmos juntos, jogando, que é o que gostamos e nos confraternizando?

E a resposta é a mesma: porque somos humanos, cheios de falhas e defeitos.

Olho para o futuro dentro de FF XIV, blogando sobre ele e sinto-me uma velhinha cansada e sem ânimo. Tenho 46 anos, já vivi muitas vidas. Não me sinto com energias para enfrentar isso, nem mesmo para ver acontecendo com outros. Eu só quero jogar meu joguinho, em paz, tranquila e relaxada.

Definitivamente não vou blogar sobre FF XIV por causa dos players, não do jogo, que achei impecável. Nem sei se vou jogar, talvez, usando algum outro nome, passando despercebida... Não sei. Vou esperar a última fase do beta antes de decidir.

Acredito que continuarei a blogar, porque amo isto. Não sei sobre o quê ou quando, mas quando os dedos começarem a coçar, inquietos e com vontade de escrever ou quando meu interesse for despertado por algum fato ou algo que terei que dividir com as pessoas. rs

Enquanto isto fica aqui, aberto para as consultas.

Até breve.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Todos os 80 Rares Monters, com localização, condição para aparecer e mapas

Lista compilada por   Sephirosuy Tradução de Thiago Felix Rare Monster Nº 01/80 Nome: Aspidochelon (293) HP: 63540 EXP: 1846 LP: 11 Fraqueza : Wind Dropa: Engage Solid/Adamantine Trophy Steal: Scarletite Original: Adamantitan Rare Rank: ***** Localização: Cerobi Steppe/ Feddik River Aparecimento: Na área que se divide em três. Há 40% de chance de substituir um dos Adamantitan. Rare Monster Nº 02/80 Nome: Thalassinon (295) HP: 60100 EX: 1775 LP: 10 Fraqueza: Wind Dropa: Engage Shell/Shelled Trophy Steal: Adamantite Original: Emeralditan Rare Rank: **** Localização: Phon Coast/ The Vaddu Strand Aparecimento: Está mais a sudoeste, espere um pouco na colina, ele aparecerá no fundo. Rare Monster Nº 03/80 Nome: Greeden (297) HP: 7281 EXP: 410 LP: 3 Fraqueza: Earth Dropa: Braid Wool, Blood Wool Steal: Wind Magicite, Wind Crystal Poach: Blood Wool Original: Wooly Gator Rare Rank: *** Localização: Dalmasca Estersand/ Bank of the Nebra Aparecimen

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.