WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

(FF XV) Capítulo 11 - Trem do perigo


Vimos pela janela do trem cumes nevados em montanhas de areia: o paradoxo da paisagem que se descortina é explicado pelo jogo como resultado da presença do império na região.

Ardyn aparece e é tudo muito estranho. O comportamento do Noctis é inusitado. Não sei porque ele faz aquilo. Quer dizer, eu sei que ele está certo, mas nesta altura do jogo, como ele sabe???

Então o trem pára inesperadamente e estamos atrás do Ardyn enquanto soldados começam a atacar e invadir o trem. É sensacional! Você está andando em um trem novinho, a bomba explode e você vê tudo voando e em seguida o cenário já é uma cena de destruição. Sem um load, nada! Impressionante!



Daí para a frente é uma sequência de lutas para salvar o trem e os passageiros. Eu gostei! Bem interessante.

O final é intrigante e instigante. Não vou conseguir não jogar o próximo hoje. Tenho que saber o que acontece!


0 comentários:

Posts relacionados: