Pular para o conteúdo principal

(FFXV) Capítulo 1: Um novo e imenso mundo para descobrir

Calma Noct! Esse é só o começo, vai dar tudo certo!
Por Brunoliveira

AVISO: O texto no geral contém pequenos spoilers sobre o enredo e o último parágrafo contém um spoiler PESADO sobre o final do primeiro capítulo e sobre o filme Kingsglaive.

Começar um Final Fantasy novo é sempre um motivo de excitação, é um grande acontecimento na vida de qualquer fã da franquia, jogar Final Fantasy XV então, um game que já conta com senhores dez anos em seu desenvolvimento, é uma alegria maior ainda. É com esse encantamento de criança quando ganha seu doce preferido que eu abro aquela caixinha azul e coloco o disco no PS4 e depois de uma atualização de 9GB eu começo o game.

A primeira cena é uma confusão só, você começa a andar controlando um Noctis mais velho, num cenário escuro e em chamas, Ignis, Prompto e Gladio também estão ali protegendo o Rei (?) e tem algum monstro no meio, que não dá pra identificar o que é, eles se reagrupam em um canto da tela e quando parece que o bicho vai pegar a cena acaba e já nos deparamos com o jovem Noctis, animado com a perspectiva de finalmente sair de Insomnia e poder desbravar o mundo. Se você já assistiu Kingsglaive você vai se emocionar com o diálogo entre o Rei Regis e o Noctis, a próxima cena já mostra os nossos quatro protagonistas parados, no meio da estrada, pois é, o carro quebrou e eles vão precisar empurrá-lo até uma oficina antes de continuar a sua viagem para Accordo, lugar onde será celebrado o casamento entre o príncipe Noctise a princesa Lunafreya.

Com o carro quebrando logo no começo de sua jornada, eles precisam empurrá-lo até o posto avançado Hammerhead para realizar o conserto e aí que finalmente assumimos o controle, nesse começo não tem muitas opções, é andar para a frente e empurrar o carro, um display aparece do lado direito, mostrando os comandos que você pode realizar.

Calma cachorrinho, calma!
Chegando em Hammerhead, mais cutscenes, conhecemos Cid e Cindy, os donos da oficina e que se comprometem a consertar o Regalia, mas enquanto isso Cindy pede para que Noctis cuide de algumas missões para levantar um dinheiro, já que esvaziamos a carteira para pagar a manutenção do carro e, após a conversa com ela, o controle passa inteiramente para o jogador.

Prompto registrará todos os momentos dessa aventura!
Uau, a gente fica de cara logo no começo com o tamanho do mapa e com todas as coisas que tem disponíveis para serem feitas, e fica mais de cara ainda quando vê que está num pedacinho minúsculo se comparado à tudo que vai ser desbloqueado ainda, passo no restaurante para pedir informações e novos ícones ficam disponíveis no mapa, é importante fazer isso de tempos em tempos em todos os postos avançados para liberara a localidade de mais tesouros/ingredientes/acampamentos. É só fazer essa primeira missão de Cindy e já será liberada uma nova missão, e nisso conhecemos Dave, um NPC que datá algumas sidequest para os protagonistas no decorrer do game, ele é um caçador que estava sumido à alguns dias, Cindy pede que o encontremos e ele nos dá uma nova missão, uma caçada, concluo a missão usando o máximo das minhas recém adquiridas habilidades de combate e depois disso Cindy liga informando que o Regalia está pronto para seguir viagem.

Combate não é nada sem estilo, né Ignis?
Fico zanzando pelo mapa, descubro alguns acampamentos, entro em lutas aleatórias, pego algumas caçadas em Hammerhead e vou me habituando ao combate que, de cara, deixa qualquer fã de Final Fantasy de cabelo em pé, é difícil no começo, mas com um pouco de persistência vou me acostumando às mudanças e não podemos negar que o combate em tempo real é um charme à mais pro jogo, as lutas ficam parecendo cenas de filme, hehe! Quando decido seguir a história volto para Hammerhead e sigo viagem, Cindy pede para fazermos uma entrega num posto avançado que fica na direção para a qual estamos indo: a Área de descanso de Longwythe. Chegando lá, só fazer a entrega pro dono do Hotel (descansar no hotel dá um bônus de 50% sobre a EXP acumulada) e o novo destino da quest principal fica visível: A Baía de Galdin, o hotel daqui dá um bônus de 100% sobre a EXP acumulada, ou seja, duas vezes mais XP, mas em contrapartida custa a bacatela de 10.000 gil a noite (O.O). Aqui, preciso tomar um barco que me levará para o meu próximo destino, maaaaas, devido à uma ordem do império todos os barcos estão suspensos e é aí que conheço Dino, um repórter (mal caráter) que diz precisar da ajuda do príncipe e que, caso façamos o "favor" ele descola uma carona pra gente num barco e ainda "deixa" a viagem do príncipe continuar sem os holofotes da mídia. Sem muita alternativa, aceitamos o trabalho, basta recolher uns itens para ele no ponto marcado no mapa e retornar, sem mistérios.

O cais de Galdin é um dos lugares mais lindos que já passei até agora!
No cais também temos o primeiro ponto de pesca do jogo. Ooooo troço chato, hahaha... Mas quem quer platinar não vai ter escapatória, então, já pego alguns peixinhos pra ir adiantando o meu lado, rsrs... Depois de um tempo vai até ficando menos pior o mini-game, heheh...

Outra vez no cais, entregamos os itens e Dino pergunta se estamos prontos para partir e prontamente uma mensagem aparece dizendo que pode ser que demoremos um tempo para voltar a região de Leide, então decido fazer mais algumas quests e caçadas antes de partir. Quando finalmente decido ir, descubro que fui trollado pela Squenix, hahaha...

Durante a noite, a viagem sempre fica mais perigosa!
Ao escolher partir temos uma sequência de cenas em CG, descobrimos que a assinatura do acordo  de paz deu ruim em Insomnia e que o Rei está morto. Na manhã seguinte, Ignis chega no hotel portando as tristes notícias para o príncipe, que decide retornar para casa.

O caminho para Insomnia está bloqueado então sigo por um caminho lateral enfrentado vários soldados robôs Magitek e quando finalmente consigo chegar no final do caminho temos mais uma bela cena.

Noctis conversa com Coru, Marechal de Insomnia e um grande amigo de sua família que confirma a morte do Rei e a traição do império na assinatura do acordo de paz e é nesse clima de desolação total que termino o primeiro capítulo do game.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Todos os 80 Rares Monters, com localização, condição para aparecer e mapas

Lista compilada por   Sephirosuy Tradução de Thiago Felix Rare Monster Nº 01/80 Nome: Aspidochelon (293) HP: 63540 EXP: 1846 LP: 11 Fraqueza : Wind Dropa: Engage Solid/Adamantine Trophy Steal: Scarletite Original: Adamantitan Rare Rank: ***** Localização: Cerobi Steppe/ Feddik River Aparecimento: Na área que se divide em três. Há 40% de chance de substituir um dos Adamantitan. Rare Monster Nº 02/80 Nome: Thalassinon (295) HP: 60100 EX: 1775 LP: 10 Fraqueza: Wind Dropa: Engage Shell/Shelled Trophy Steal: Adamantite Original: Emeralditan Rare Rank: **** Localização: Phon Coast/ The Vaddu Strand Aparecimento: Está mais a sudoeste, espere um pouco na colina, ele aparecerá no fundo. Rare Monster Nº 03/80 Nome: Greeden (297) HP: 7281 EXP: 410 LP: 3 Fraqueza: Earth Dropa: Braid Wool, Blood Wool Steal: Wind Magicite, Wind Crystal Poach: Blood Wool Original: Wooly Gator Rare Rank: *** Localização: Dalmasca Estersand/ Bank of the Nebra Aparecimen

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.