Pular para o conteúdo principal

(FFXV) Capítulo 2: Reunindo forças

Sempre tiro foto quando passo nesse ponto de foto no cais de Galdin, lugar mais lindo do jogo...
Por Brunoliveira

AVISO: O texto no geral contém pequenos spoilers sobre o enredo

O segundo capítulo começa num clima de tristeza, vemos uma cena rápida com a princesa Lunafreya. Noctis tenta assimilar tudo que aconteceu e começa a sentir o peso da responsabilidade que é depositada sobre si. Sigo para Hammerhead para encontrar Coru e definir quais serão os próximos movimentos para recuperar Insomnia das mãos do império.

Encontro um Cid desolado. Descubro que ele era amigo do Rei Regis e que deixara Insomnia antes da barreira mágica ser erguida e nunca mais voltou. Ele diz que Coru seguiu para o posto avançado da Pradaria, que fica ao norte e que eu devo seguir para lá para encontrá-lo

Aqui paro para admirar mais uma vez o incrível trabalho de direção de arte do jogo, nessa parte está chovendo e percebo o cuidado da produção nos mínimos detalhes, as roupas molham, as ruas, o cenário, tudo fica diferente.

Decido fazer algumas hunts e recolher alguns tesouros/ingredientes pelo mapa antes de partir para a missão principal. Percebo que começo a ficar mais fortes que os mobs dessa região, e isso significa que é hora de seguir com a história. Chego no posto avançado e descubro que Coru não está lá, uma de suas agentes, Monica, me pede para que siga para uma tumba de um dos antigos reis de Insomnia que fica numa passagem ainda mais ao norte, o novo ponto fica marcado como a missão principal e então, sigo para lá!

À partir do segundo capítulo, Cid pode fazer melhoramentos
em algumas armas
Encontro Coru na tumba e, após uma conversa rápida e uma cena emocionante e bem feita, adquiro a minha primeira arma real, a espada do sábio. Coru me explica que ao redor do continente existem 13 tumbas e que em cada uma delas posso encontrar uma arma real, que aumentará os poderes de Noctis. Ele me diz que a segunda tumba está em uma mina perto de onde estou e me acompanha até a entrada.

Entro pela mina na Trincheiras de Keycatrich. O ambiente é claustrofobicamente claustrofóbico, os personagens avançam com mais cautela e por vezes os goblins saltam na tela. Alguns sustos depois chego em uma tela que tem um demônio meio aracnídeo, meio mulher, mas que não representa um grande desafio, na mina tem também algumas portas trancadas que devo conseguir desbloquear mais para a frente no jogo. No final da dungeon encontro co sepulcro e, lá dentro, a minha segunda arma real: o Machado do Conquistador. Senti falta de um boss de verdade nessa Dungeon, aquela aranha dá um trabalhinho, mas nada demais. Frustrado, seleciono a opção para retornar à entrada.

Na saída da dungeon o celular toca, é Coru com uma nova tarefa. Temos que invadir uma base do império para tirar ela de operação e, assim, garantir acesso à região de Duscae e Cleigne. Devo conversar novamente com Monica no posto avançado da Pradaria e lá recebo as instruções para essa missão. Dica: Não siga para a missão sem um bom feitiço de raio pronto e sem algumas poções, principalmente se estiver em níveis mais baixos.

A batalha com o Boss é muito bacana!
Sigo para o local marcado no Mapa e lá tenho que me separar dos meus brothers (OH NOOOO!!!!) o que faço com certa resistência, mas em compensação ganho o reforço ótimo do Coru. A invasão à base é sem dúvida o ponto alto do capítulo, fiz essa parte durante a noite no jogo, o que pra mim deixou o clima ainda mais tenso, as lutas são frenéticas e num ritmo alucinante, vão exigir que eu coloque em prática tudo que já aprendi do combate até aqui, a técnica especial do Coru não deve ser desprezada. Sigo desferindo golpes e translocando loucamente até chegar ao final, abro o bloqueio, reencontro os Bros e, após uma cena dou de cara com um gigantesco e mecânico BOSSSSSS!!!!

A luta não é muito complicada, tento concentrar os meus golpes na parte principal enquanto deixo Coru e os outros empenhados em danificar as pernas. Magia de raio funciona bem aqui. Tento me livrar primeiro dos Magitek para depois dar atenção somente ao Boss.


Após a luta, temos mais uma cena bacanuda que marca o término do capítulo. #PartiuDuscae!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.

(FF XII) Detonado basicão, direto ao ponto, com mapas e sem spoilers!

Introdução (História) BOSS: Remora Airship Continue subindo, use o mapa se necessário, há vários inimigos, mas você não precisa matar todos, no caminho há dois itens em baús, aproxime-se deles e pressione (circulo) para pegá-los. Na próxima área existe um Save Crystal, salve seu jogo e continue subindo. Depois de matar os soldados, prossiga e entre pela porta, vão acontecer algumas cenas, o jogo propriamente dito começará. The Royal City of Rabanastre with Vaan ( Mapa do castelo ) ( Mapa da Cidade )  (História) Como Vaan, mate os 3 ratos. Encontre Penelo ao norte e depois vá até a loja de itens para falar com Migelo e em seguida as lojas serão liberadas.Vá para o restaurante Sand Sea e fale com Tomaji, para receber o acessório Oluakea Bangle e sua primeira Mob Hunt, além disso, Clan Report e License são liberados no menu. Clan Report tem as mob hunts, com os nomes dos monstros, mapa do cliente (aperte quadrado) e algumas vezes o nome do lugar onde o monstro está, também te