Pular para o conteúdo principal

(FF XV) Considerações finais: é tanta fartura que até enjoa


Pois é, pois é. Enfim tivemos um novo Final Fantasy para jogar, enfim o Urban Legend Versus XIII (como eu o chamava) se tornou real, enfim pudemos saciar nossa fome de Final Fantasy. E foi um banquete, daqueles de ceias de Natal, em que a gente come tanto que no outro dia mal aguenta olhar para a comida que sobrou na geladeira, mas sobrou, tá lá, um monte ainda, pratos que nem mesmo provamos e queremos, mas não dá.

Final Fantasy XV é deste tipo. A gente se deleita, se esbalda, faz uma orgia, mal sabe o que fazer primeiro, vontade de fazer tudo ao mesmo tempo. Ficamos estonteados. Seguimos em frente com a história ou zeramos as quests primeiro? E são tantas, tantas e de tantos gêneros diferentes... Hunts ou os blocos de sidequests de 14 personagens diferentes. Então vamos jogando, jogando. E nos fartando.

Eu joguei demais. Não sei quanto tempo tenho de jogo em si. Meu save beira as 300 horas, mas deixo ligado enquanto escrevo, converso, etc... De forma que não tenho como me basear por aí.

Sei que deixei minha vida pessoal completamente de lado neste mês: eu mal fiz qualquer outra coisa, apenas o que não podia deixar de fazer mesmo: trabalho. Supermercado só quando acabava tudo e não tinha mais jeito. Limpar a casa só quando não dava mais. Facebook e interações sociais limitadas ao mínimo possível para não perder de vez as amizades. Namorado ficou de molho, quase um mês sem nos vermos. Coitado.

Fiz tudo que dava ou que eu tinha condições psicológicas de fazer antes de zerar a história: todos os blocos de quests e todas as armas reais. Faltou completar as hunts e as sidequests que não são de personagens, tipo carro quebrado, oportunidades de foto. Pouquíssima coisa.

Chegando no pós-game, fiz rapidamente as quests do Randolph e me sobraram os Calabouços, além das Hunts e estas sidequests soltas.

E ainda é uma enormidade! Ño último calabouço, Costlemark lvl 99, não se pode levar ítens. Tem-se que equipar ao máximo, acessorizar ao limite e levar muita, mas muita magia que ultrapassem o limite break. Para fazer isto, chegamos enfim àquele momento do farm imprescindível: bicos de Zu, AP e acessórios. E é tudo muito chato de farmar. Sem farm, ainda posso fazer alguns calabouços e todas as Hunts que faltam. Mas...

Enjoei! rs Caramba! Não aguento mais. Preciso de um tempo para desenjoar. Assim, estou fazendo uma pausa agora. Pretendo retornar e ir fazendo um pouquinho de cada coisa daqui há uma semana, mais ou menos. Não sei se farei mesmo ou não. Estas coisas a gente nunca sabe.

Mas, agora, depois de jogar tudo isto, posso dizer com toda sinceridade: Final Fantasy XV é um jogo memorável.

Ele tem suas falhas, sem dúvida. História e desenvolvimento dos personagens realmente não é seu forte. Lutas até a finalização da história muito fáceis. O pós-game é tudo que é realmente interessante em termos de armas e bosses, mas como somente são disponibilizados após o término da história, falta incentivo, motivação para fazer as coisas. A platina deste game é muito fácil, não exige as coisas do pós game (exceto Adamantoise).

Outras coisas que antes eu reclamei, como o combate apelão, as magias, o excesso de itens e acessórios para coleta, se desfazem no pós game: mesmo com o combate apelão, temos que ter estratégia para as lutas mais difíceis, os bons itens e acessórios são difíceis de serem obtidos e a magia é essencial, mesmo crucial, em algumas dungeons.

Percebo uma grande inteligencia por trás de todo o jogo, nos mínimos detalhes. Posso compreender a dificuldade que foi para a Square-Enix fazer um jogo para todos e a facilidade até o zerar da história é entendida dentro deste contexto.

O pós-game existe para agradar a nós, fãs de Final Fantasy e nós agradecemos. Só queríamos um pequeno incentivo para seguir em frente. Como eu gostaria de que precisássemos destas armas e acessórios obtidos nos Calabouços ou Hunts mais avançadas para podermos zerar mais facilmente a história! Mas entendo porque não precisa: para não desanimar aquele jogador eventual que está se iniciando no mundo de Final Fantasy.

E eu quero mais Final Fantasys no futuro! Se este é o caminho para a perpetuidade da série, siga em frente, Square-Enix!

XV está ganhando destaque em vários sites e sendo premiado como melhor jogo de 2.016 pelo seu conjunto, o que me deixa muito feliz.

Por que, realmente, vamos falar a verdade, o conjunto deste game é irresistivelmente agradável, gostoso e viciante. Ele nos pega e prende por muitas e muitas horas a mais do que o que seria estritamente necessário para apenas zerar a história. E não é qualquer game que tem este poder!

Pelo que lemos a respeito, a SE tem planos de prolongar ainda mais esta experiência e podemos mesmo pensar em uma expansão futura, vindo juntamente com os personagens jogáveis que serão inclusos.

Square-Enix realmente inovou em diversos aspectos. Este jogo representa um avanço, um divisor de águas na série. Nunca mais retornaremos àqueles mundinhos pequenos e aos turnos. Daqui para a frente serão sempre combates cada vez mais instigantes, ágeis e dinâmicos e mundos ainda maiores e complexos. As duas mudanças são bem vindas!

É isto! Considero-me extremamente satisfeita com o jogo!

Este é o final de meu caminho no jogo. Talvez ainda poste sobre os Calabouços, na sessão correspondente, mas não tenho mais o que dizer sobre o meu jogo. Eventualmente talvez ainda faça uma outra postagem sobre itens, acessórios, armas, bosses, etc., mas não me comprometo a isto, realmente. Se jogar e der vontade, farei.

Agradeço pelo prestígio a todos que me acompanharam durante esta jornada e espero rever todos novamente quando o primeiro episódio do remake de Final Fantasy VII for lançado.

Forte abraço!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Todos os 80 Rares Monters, com localização, condição para aparecer e mapas

Lista compilada por   Sephirosuy Tradução de Thiago Felix Rare Monster Nº 01/80 Nome: Aspidochelon (293) HP: 63540 EXP: 1846 LP: 11 Fraqueza : Wind Dropa: Engage Solid/Adamantine Trophy Steal: Scarletite Original: Adamantitan Rare Rank: ***** Localização: Cerobi Steppe/ Feddik River Aparecimento: Na área que se divide em três. Há 40% de chance de substituir um dos Adamantitan. Rare Monster Nº 02/80 Nome: Thalassinon (295) HP: 60100 EX: 1775 LP: 10 Fraqueza: Wind Dropa: Engage Shell/Shelled Trophy Steal: Adamantite Original: Emeralditan Rare Rank: **** Localização: Phon Coast/ The Vaddu Strand Aparecimento: Está mais a sudoeste, espere um pouco na colina, ele aparecerá no fundo. Rare Monster Nº 03/80 Nome: Greeden (297) HP: 7281 EXP: 410 LP: 3 Fraqueza: Earth Dropa: Braid Wool, Blood Wool Steal: Wind Magicite, Wind Crystal Poach: Blood Wool Original: Wooly Gator Rare Rank: *** Localização: Dalmasca Estersand/ Bank of the Nebra Aparecimen

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.