WhatsApp

 Grupo da Itinerante no WhatsApp

Amigos, este blog está em pausa, se momentânea ou eternamente não sei ainda. Vai depender de aparecer um game que me instigue a fazer novas postagens.

Mas eu e meus amigos continuamos na ativa, conversando muito sobre games e nerdices em nosso grupo no WhatsApp.

Este post é só para convidá-los a se juntar a nós. Para falar dos Finais Fantasys, Zelda, Pokemon, Dragon Quest, Persona ou de qualquer outro game ou tema que queira. Sempre tem alguém que joga, já jogou ou quer jogar. rs

Agora que praticamente todos já terminaram o Final Fantasy XV nós estamos comentando livremente a história, mas se alguém que ainda não finalizou entrar é só pedir que interrompemos os spoilers.

Então, caso queira se juntar a nós, basta clicar na imagem.

domingo, 29 de janeiro de 2017

(FFXV) Capítulo 11 - O caminho para Tenebrae


Por Brunoliveira

AVISO! É sempre bom avisar que o texto contém spoilers leves sobre a história!

O capítulo inicia com uma cena rápida de conversa entre Noctis e Ignis, Gladio chega e Ignis segue com ele, de repente, o tempo parece parar, Noctis se levanta assustado à tempo de dar de cara com Ardyn, o chanceler imperial quer continuar com os seus joguinhos, sigo ele ao longo do trem tentando acertá-lo, mas todos meus esforços são inúteis. Ele some e Prompto aparece, devemos ir checar a parte traseira do trem, enquanto Gladio e Ignis tomam conta da frente. Um ataque pesado começa sobre o trem e Noctis quer proteger as pessoas à bordo, então desço com Prompto para dar conta das tropas imperiais, hordas e mais hordas aparecem, tenho que eliminar todas enquanto uma barra com o HP do trem é mostrada acima, se ela chegar a zero bau bau, game over sem choro nem vela! Por fim um tanque de guerra aparece e ao destruí-lo o trem começa a se mover novamente.

Subo à bordo junto com Prompto. Um novo ataque começa, dessa vez aéreo, tenho que ir me translocando entre as naves e derrubando uma à uma, faço isso e retorno para o trem à tempo de ver Prompto sendo rendido por Ardyn, Noctis parte para o ataque, não, pera, era o Prompto que estava rendendo o Ardyn, ele usou alguma artimanha para fazer com que parecesse o contrário e, graças ao seu truque, Noctis empurra Prompto para fora do trem e temos o fim do capítulo.

Esse capítulo é, talvez, o menor do jogo, mas é intenso e tenso, passa muito rápido e quando você vê já acabou. As cenas de combate, ainda que fáceis, são muito boas, dignas de filme de hollywood! Fiquei intrigado com algumas coisas que o Ardyn falou para o Noctis no trem e estou começando a formar uma teoria na cabeça, vamos ver se estou certo até chegarmos à conclusão da saga! Estamos caminhando para o fim, socorro! Eu não quero que acabe!!!

0 comentários:

Posts relacionados: