Pular para o conteúdo principal

FINAL FANTASY XII ZODIAC AGE - Fortaleza Nalbina - Parte 2 (tradução em Português em texto e vídeo legendado)



Forte de Nalbina – Posto Norte

Basch: Você aí. Pode me ouvir?

Vossler: É como eu temia. Eles estão nos atrasando.

Basch: Não diga isto.

Basch: Nem todos nós estamos aqui por amor à batalha. Ele luta para defender sua pátria.

Basch: (para Reks) seu nome?

Reks: Reks senhor! Meu nome é Reks.

Basch: Ótimo, Reks. Você sofreu alguns cortes, mas você ainda está inteiro. Bem, você pode se
levantar?

Basch: Acha que pode lutar?

Reks: Estou bem, senhor.

Basch: Quantos anos você tem, Reks?

Reks: Dezessete, senhor.

Basch: Jovem. Família?

Reks: Meu irmão é tudo que restou, senhor. Ele é dois anos mais jovem que eu. Vive em rabanastre.

Basch: Tão jovem. Você mal tem idade suficiente para ser um homem. Você não deve ser obrigado a empunhar uma espada.

Reks: Não, senhor. Eu quero lutar. Por minha pátria e por meus pais.

Vossler: Calma, basch! Guarde seu discurso para depois. Devemos chegar ao rei antes deles agirem! Ou todos os nossos esforços serão em vão.

Basch: Estou ciente da situação.

Guardas atacam

Basch: Vossler, continue! Eu cuido deles.

Vossler: Boa sorte!

Basch: Fique firme, Reks. Matenha sua cabeça erguida e você conseguirá.

Reks: Capitão.

Guarda (dentro da nave Tonberry): Antlion, aqui é Tonberry! Meu motor foi atingido. Ela não vai aguentar muito tempo!

Guardas (na nave Antlion): nós escutamos você, Tonberry. Você deve se retirar. Lutou bem.

Guarda (nave Tonberry): agradeço, Antlion! Tonberry se retirando!

Basch: Vossler. Onde está você?

Reks: E se o capitão Azelas morreu?

Basch: Não diga tal besteira! Vossler riu da cara da morte muitas vezes, e ele não vai parar agora. Homens como ele não morrem em lugares como este. Temos de nos apressar para chegar ao rei. Vamos levá-lo para um lugar seguro.

Reks: Sua majestade está ilesa?

Basch: Ele concordará com uma rendição incondicional. Eles não ousariam tocá-lo até que a cera do seu selo seque.

Reks: Mas se chegarmos depois que ele assinar o tratado...

Basch: Espere. Rápido Reks!

Guardas: Intrusos! Não deixem eles escaparem!

Reks: Senhor! Nós temos pouco tempo! Você deve ir até o rei! Eu vou cuidar destes!

Basch: Boa sorte.

...................................... Depois de derrotar os guardas com Reks............................

Reks: Sua majestade... Capitão, porquê? Nosso rei..... O que você fez?

Basch: O rei destinou-se ao longo de toda vida, vender Dalmasca ao império. Sua majestade era um traidor.

Reks: Capitão, eu...

Guardas entram...

Vayne Solidor entra.

Vayne: Bem, tanta coisa para as negociações pacíficas.

Basch: Nós nunca nos renderemos para vocês! Não somos gados a ser vendidos por um rei traidor!

Vayne: Mas a guerra acabou meu caro capitão. Você perdeu. Dalmasca é propriedade do império
agora. E pensar, que pretendíamos deixá-lo um pouco mais da sua soberania, por respeito. Mas agora você veio e arruinou tudo. Não foi capitão?

Basch: Nós nunca nos curvaremos à vocês!

Vayne: E o povo de Dalmasca odiará você por isto. Tirem o capitão daqui.

Pretextos de paz deixados de lado, as forças Archadianas retomaram seu avanço em direção à
Rabanastre. A condenação de Dalmaca tinha sido decidida. Criar uma resistência não serviria à propósito algum.

Com este pensamento em minha mente, eu disse ao povo de Dalmasca:

“Filhos e filhas de Dalmasca, eu peço-lhes, abaixem seus braços. Levante canções de oração em seu lugar. Orem por sua majestade, rei Raminas, sempre generoso. Um homem dedicado inteiramente a paz”.

“Orem também pela princesa Ashe, que, forjada com tristeza na derrota de seu reino, tirou sua própria vida”.

“Sei também que o capt. Basch fon Ronsenburg, por incitação de sedição e do assassinato do rei Raminas, foi considerado culpado de alta traição e condenado à morte”.

“Eles que a esta hora tardia escolheram a espada são cortados ao mesmo pano que o capitão: traidores que levaram Dalmasca para sua ruína”.

A rendição de Dalmasca sem termos foi logo em seguida.

Memórias de Halim Ondore IV.




Venha jogar conosco!

  


Comentários

Posts relacionados:

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

FF XIV - Raças, Classes e Sistema de Combate

Por André Anastácio Olá Pessoal, Nessa segunda postagem sobre Final Fantasy XIV, quero introduzir alguns pontos chaves sobre a jogabilidade do jogo e seu sistema de classes. Se você ainda não conhece o universo de Final Fantasy XIV, recomendo ler minha primeira postagem sobre o jogo  clicando aqui. Classes O jogo possui um sistema de classes e Jobs que funcionam da seguinte forma: Você seleciona uma classe inicial e, ao chegar ao level 30, faz uma quest especial para desbloquear o Job que funciona como uma forma avançada daquela classe inicial. O jogo possui, hoje, um total de 18 Jobs, sendo 11 do jogo base, 3 da expansão Heavensward, 2 da Stormblood e 2 da mais recente Shadowbringers. Estas classes estão divididas entre Disciples of War (Jobs focados em atributos físicos) e Disciples of Magic (Jobs focados na utilização de magia). É importante saber esta divisão pois muitas vezes o jogo divide quem pode usar determinado equipamento através dela. E gente, eu esto

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p