quarta-feira, 12 de julho de 2017

Final Fantasy XII Zodiac Age PS4 HD - PORTÃO LESTE (Parte 4) Legendado em Português



DALMASCA EASTERSAND

Rogue Tomato
Derrotado

Vaan: Lírios Galbana? Nunca pensei que eu iria vê-los crescendo aqui. Isso será uma ótima recordação. Hora de encerrar o dia!

Guarda: Se afastem! Para Trás! Este portão ficará fechado até a cerimônia acabar, ouviram?

Vaan: E agora?

Guarda: Abra o portão! Tudo bem, saiam do caminho!

Vaan: Espere um segundo! Como vocês deixam estes chocobos atravessarem o portão e nós não?

Guarda: Que que tem? Essa aqui é uma raça pura, garoto. Cada um desses custa dezenas de milhares de gil Um preço muito mais atraente do que uma centena de vocês provincianos valeriam. Mantenham distancia! Não queremos que os chocobos fedam a camponeses.

Vaan: O que você disse?

Guarda: Sai daqui! Tudo bem, podem entrar.

Vaan: Isso já é demais!

Migelo: Ho ho! Um belo, belo chocobo você tem aqui! Sim, deve ser de Tchita, se não me engano. Muda o solo, muda o chocobo, estou certo? Sim... Sim... Um solo diferente significa diferentes flores, também. Querem um refinado vinho dalmascano, hein? Pode não ter o sabor e a profundidade de alguns de seus vinhos archadianos... Mas ele certamente tem uma forte característica. Não é ruim, de verdade, desde que acostume com ele. Querem um pouco senhores? Há o bastante para todos refrescarem suas gargantas, é claro.

Guardas: Vocês, deixem essas carruagens passarem depois fechem este portão como ordenado. Minha garganta ressecou com esta areia.

Migelo: Não me dê um susto desses. Você teve sorte que terminou bem. 

Penelo: Certo. Agora é nossa chance de atravessar. 

Migelo: Ah, a cerimônia vai começar em breve. É melhor eu me apressar.

Penelo: Ok. Tá certo! Vaan! Espere! O que foi? Vaan?

Guarda cerimonialista: Nós teremos ordem! Apresento à vocês o novo cônsul, sua alteza Imperial Lorde Vayne Solidor. Comandante dos exércitos ocidentais do Império Archadi... Vossa Excelência!

Vayne: Povo de Rabanastre! É com ódio que vocês olham para o seu cônsul? Com ódio que vocês olham para o Império?

Cidadões: Cuspo no seu Império! Volte para Archadia!

Vayne: Houve pouco sentido em perguntar. Mas saibam disso: Eu não nutro esperanças de eliminar esse ódio. Nem pedirei a sua fidelidade. Isso era devido ao seu rei caído, e com todo o direito. Rei Raminas amava o seu povo. Lutou para trazer a paz. Ele era um regente digno de sua devoção. Mesmo agora, ele permanece entre vocês, protegendo vocês. Seu ardor pela paz e pelo bem-estar de Dalmasca não fraqueja. Gostaria de pedir apenas isso, façam jus ao seu rei! Juntos, nos deixem abraçar a paz que Sua Majestade certamente desejaria. Dois anos agora nos separam do fim amargo da guerra. Ainda assim sua sombra paira sobre todos, sufocando a paz pueril. Uma nuvem negra que apenas vocês podem mandar embora! Alcancemos apenas essa pequena coisa... E o seu ódio por mim, e pelo Império
Não me atingirá! Permanecerei firme! Resistirei ao seu ódio. Suportarei suas pedras e flechas. Eu defenderei Dalmasca! Aqui pagarei a minha dívida! Eu prometo! Rei Raminas e Lady Ashe estarão sempre ao lado do seu povo, apesar de terem partido. Ao honrar a paz vocês honram sua memória,
e à Dalmasca. O que peço, peço plenamente. Minhas esperanças agora repousam em vocês.

Guarda: Rabanastre está do seu agrado, meu Lorde?

Vayne: É magnífica! Tome por exemplo essa catedral. Elegante, embora excêntrica em sua execução. Um estonteante exemplo da arquitetura Galteana. Espero que Lorde Gramis possa um dia contemplá-la por ele mesmo!

Guarda: O patrono do banquete dessa noite, que ele possa satisfazer Sua Excelência. 

Migelo: Eu sou Migelo, Vossa Alteza. É verdadeiramente uma profunda honra em conhecer o nosso futuro Imperador, Alteza. O povo de Rabanastre se junta à mim nas boas vindas.

Vayne: Já é "Alteza" o suficiente. Embora eu seja de fato filho do nosso Imperador, não sou nenhum príncipe. O Imperador Archadiano é escolhido de forma livre pelo nosso povo. Eu não sou nada além de um oficial eleito e nada mais.

Migelo: Eu não tinha intenção de desrespeitá-lo.

Vayne: Agora que pensei sobre isso... Não gostaria que se dirigisse à mim como Lorde Consul, para esse assunto. 

Migelo: Não?!

Vayne: De agora em diante, sou um cidadão de Rabanastre. Por que não me chama de Vayne?

Migelo: Eu não poderia. Não seria correto.

Vayne: Você é absurdamente afeiçoado à formalidades. Tenho o remédio certo para isso! Esta noite se juntará à mim, e beberemos até que me chame pelo nome. 

Vaan: Como ele pode se curvar à ele desse jeito?

Penelo: Vaan, você não entende mesmo, não é? Ele não faz isso porque quer. Sabe o que aconteceria 
se ele não fizesse? 

Vaan: Eu sei, é que...

Penelo: Então, o que faria de diferente?

Vaan: Não sei... Bem, eu farei algo.

Penelo: Vaan? Vaan! Não ouviu uma única palavra do que eu disse, ouviu? Esse lugar mudou tanto.
É como se nem fosse mais Rabanastre. Como se o Império a tivesse engolido inteira.

Vaan: Ei, Penelo. Essa festa hoje a noite. Acha que nos deixarão entrar?

Penelo: Tá louco? É no palácio, e nós não temos um convite, caso não tenha notado.

Vaan: Então... Como entraremos?

Penelo: Como se eu soubesse. Por que não pede pro Migelo te deixar entrar? Ou então, veja com o Velho Dalan em Lowtown. Por que o interesse repentino, Vaan?

Vaan: Eu te disse! Pegarei de volta o que é nosso! E devolver para Dalmasca. Vamos lá, o que acha? Se eu encontrar algo, e se vender por um bom preço. Que tal eu, hmm... Eu pagar um jantar para todos?

Penelo: Ah, por favor! Você sabe tão bem quanto eu que a primeira coisa que compraria seria uma airship! Todos saúdam Vaan. Pirata do céu de Dalmasca! É necessário um ótimo anel para isso! Fique fora de confusão!

Vaan: Hmm... Uma airship. Não sei... Talvez... Mas não através de Migelo. Hora de fazer uma visita para o Velho Dalan



Venha jogar conosco!

  


0 comentários:

Posts relacionados: