segunda-feira, 24 de julho de 2017

Final Fantasy XII Zodiac Age PS4 HD - BHUJERBA (Parte 9) Legendado em Português


A CIDADE AÉREA DE BHUJERBA

Gamnan – Você já a alimentou, não é?
Banga fêmea#1 – Já sim, irmão! Ela come bem!
Gamnan – Veja o que ela fez. Precisamos dela viva. A isca do Balthier tem que estar fresca.
Penelo – Eu continuo tentando lhe dizer, eu mal sei quem é Balthier!
Banga#1 – Meu irmão, uma mensagem veio de Rabanastre. A Strahl, ela partiu! E está indo direto para a cidade áerea, Bhujerba!
Gamnan – Mal conhece, não é? No entanto, nesse instante ele está vindo atrás de você! Diga-me, como pode ser?
Penelo – Isso é o que eu gostaria de saber! Eu só o vi uma vez e é isso!
Gamnan – E se a gente acreditasse em você? Quanto a você, precisamos de Balthier vivo! Vai buscar as armas, vamos apenas machucá-lo!
Banga#1 – Uma boa surra?! Minha especialidade!
Banga fêmea#1 – Não tem graça se não pudermos provocar um grito ou dois!
Penelo – Aonde você está?
-----
Balthier – Fácil!
Soldado#1 – Nada bom! Ele não está aqui!
Soldado#2 – Continuem procurando!
Soldado#3 – Por aqui!
Balthier – Você é um homem morto, não esqueça disso! E nada de nomes!
Basch – É claro!

A CIDADE AÉREA DE BHUJERBA

Balthier – As Minhas Lhusu estão logo à frente! Embora eu tenha ouvido dizer que não há muito acontecendo por lá nesses dias!
Larsa – Vocês estão à caminho das minas? Então, por favor me permita acompanha-los! Eu tenho um assunto para resolver por lá!
Basch – Que tipo de assunto?
Larsa – Que assunto? Eu poderia perguntar o mesmo para vocês!
Balthier – Certo, vamos lá!
Vaan – O quê?
Larsa – Excelente!
Balthier – Não faça nada e fique onde eu possa manter os meus olhos em você! Deve dar menos problema dessa forma...
Larsa – Para nós dois!
Vaan – Então, qual é o seu nome?
Larsa – Oh, eu... Sou Lamont!
Vaan – Não se preocupe... Eu não sei o que você quer Lamont, mas você está em boas mãos. Certo Basch?
Balthier – As Minas Lhusu, uma das fontes mais ricas de Ivalice.
Basch – Sob controle Imperial, sem dúvidas!
Lamont – Na verdade, não! Com algumas poucas exceções, o exército imperial não é permitido em Bhujerba... Bem, devemos continuar?
Juíz Ghis – Você vai me perdoar por perguntar, mas você está levando o mais puro Magicite...
Ondore – Posso assegurar-lhe que ele atina o Senhor Vayne mais discretamente.
Juíz Ghis – Há, você usa o seu segredo bem!
Ondore – Seja como for, eu não tenho nenhuma intenção de ser parado, Meritíssimo.
Juíz Ghis – Então, você prefere o chicote? Teimosia não só o deixará quebrado, Excelência, mas Bhujerba também!
Larsa – Halim Ondore IV, o Marquês de Bhujerba. O Marquês serviu como mediador nas negociações de rendição de Dalmasca. Acredita-se que ele seja um pouco menos neutro agora.
Balthier – Dizem que ele tem ajudado a Resistência.
Larsa – Eles dizem muitas coisas.
Balthier –
Vaan – Que diferença isso faz? Temos que achar Penelo!
Larsa – E Penelo é a sua...
Vaan – Ela é uma amiga! Foi raptada e trazida para cá.

LHUSU MINES

Larsa – Esse é o que vim ver aqui!
Vaan – O que é isso?
Larsa – É Nethicite, Nethicite manufaturado.
Vaan – Nethicite?
Larsa – Ao contrário do magicite comum, nethicite absorve enerdia mágica. Este é o fruto das pesquisas sobre a criação do nethicite. Tudo nas mãos do Laboratório Draklor. Portanto, este é o lugar onde eles estão recebendo o magicite.
Balthier – Assuntos resolvidos então né?
Larsa – Obrigado! Eu vou recompensar vocês em breve!
Balthier – Não, você irá nos pagar agora! Temos muito em nossas mãos para continuar segurando a sua. Então, onde você ouviu esse conto de fadas sobre “nethicite”? E onde você conseguiu essa amostra que você carrega? O que você sabe sobre o laboratório Draklor? Me diga, quem é você?
Vaan – Balthier...
Gamnan – Você nos fez esperar Balthier! Você fugiu de Nalbina, sentimos sua falta! Primeiro o juiz, agora esse menino. Todo o caso tem cheiro de dinheiro, talvez eu tenha que molhar o meu bico um pouco.
Balthier – Mantenha o seu focinho no cocho onde ele deveria estar. Este pensamento é típico de um doente feito você, Gamnan.
Gamnan – Balthier! Por muito tempo estou sem recompensas! Vou esculpir minha generosidade naquele menino!
Vaan – Onde está Penelo? Vamos levar ela de volta!
Gamnan – A garota? Por que manter a isca quando você conseguiu o peixe? Soltamos no caminho para cá e então ela correu, chorando como um bebê!
Vaan – Hey...
Gamnan – Atrás deles!
Vaan – Hey... Espera aí!
Balthier – Nós não somos capazes de enfrentar todos! Lutem com o que não puderem evitar, deixei o resto!
Fran – Parece que eles não nos seguem mais. Nós os despistamos.
Balthier – Corremos muito mais, chega de Bangaa nos meus calcanhares e eu estou apto para desistir da minha vida de Pirata do Céu completamente.
Juiz – Eu vejo que você esteve andando fora sem a companhia de seu cortejo, Lorde Larsa. Pegamos ela vagando fora das minas. Você deve tomar cuidado com essas indesejáveis.
Penelo – Eu fui sequestrada!
Juíz Ghis – Silêncio!
Larsa – Se é um crime passear por conta própria, então eu também sou culpado... Marquês, espero que sua propriedade possa acomodar um outro convidado?
Ondore – Por quê não?
Larsa – Juíz Ghis, vou acatar o seu conselho. Eu não vou mais viajar sem companhia!
JuízGhis – Isso foi inesperado...
Larsa – Obrigado Penelo!
Penelo – Oh... Claro!
Vaan – O que Penelo está fazendo? E o que está acontecendo com Lamont?
Balthier – Ele não é “Lamont”... Larsa Ferrinas Solidor,  quarto filho do Imperador Gramis, e irmão de Vayne.
Vaan – O que? Aquele garoto?
Fran – Não se preocupe! Eu acredito que ele ira tratá-la bem.
Balthier – Ninguém sabe como os homens são tão bem quanto Fran!
Basch – Um dos nossos objetivos é encontrar com o Ondore. Temos que encontrar uma maneira de se aproximar dele!
Balthier – O Marquês está patrocinando organizações que se opõem ao Império. Vamos começar por aí!
Basch – Marquês Ondore anunciou minha execução há 2 anos. Se a notícia da minha sobrevivência se espalhasse, o Marquês poderia encontrar a sua posição comprometida.
Balthier - Os homens que ele financia guardam pouco amor pelo Império. Eles não ficarão emocionados ao descobrir que os rumores de sua morte foram, de fato, muito exagerados. Se fôssemos levantar um clamor nesses sentido, iríamos apenas chamar a atenção deles.
Vaan – Não ele! Eu vou espalhar isso ao redor da cidade. Que tal isso: Eu sou o Capitão Basch fon Ronsenburg de Dalmasca... Bem, o que acham?
Balthier – Isso certamente pode dar certo! Muito bem, Vaan, chegará a ele. Pelo amor da moça, hein? Ah, e quanto mais pessoas ao redor assistirem a sua performance, melhor. Se nós formos chegar ao marquês, depende de você. Esperaremos aqui, caso você precise de nós!
Bangaa#2 – É este aqui, Havharo. Ele diz ser o Capitão Basch.
Havharo – Ele iria preferir passar pelo rei.
Bangaa#2 – Eu sabia que ele não era nenhum Capitão! Isso foi um truque, está apenas blefando!
Havharo – Como se a sua malandragem fosse acabar bem o suficiente. Mas por que esse menino? Porque o Capitão Ronsenburg? Uma explicação é necessária e eu irei ouví-lo. Cães do Império estão corajosos, de fato...
Balthier – A vergonha é se soubessem que o Marquês comprou vocês. Agentes disfarçados de guias. Um esconderijo na parte de trás de uma taberna? Não é exatamente nota dez em originalidade, não é?
Banga#2 – Agora que você fez isso!
Havharo – Espere! Então Basch fon Rosenburg ainda vive mesmo.

PROPRIEDADE DO MARQUÊS ONDORE
SALA DE DESENHO

Penelo – Então o Vaan está realmente bem. Acho que nunca mais o verei novamente.
Larsa – Você se juntará à ele em breve, e até lá eu protegerei você!
Penelo – Obrigado!
Larsa – Estou com um problema, a guarda imperial de Rabanastre está ultrapassando os limites. Pretendo falar com o Cônsul.
Penelo – O que?
Larsa – Vayne Solidor, o Cônsul, é o meu irmão! O primeiro dever do Cônsul é manter a ordem em Dalmasca. Meu irmão, ele não é de fracassar! Talvez as coisas não estejam indo tão bem como deveriam ser, mas darei um pouco de tempo  e ele vai colocar as coisas em ordem! Não é conflituoso, meu irmão é um homem notável!
Penelo – Ele me assusta!
Larsa – Por que?
Penelo – Me desculpe, ele é o seu irmão. É que...  você não entende o quanto perdemos na guerra. Meus amigos, meus pais...
Larsa – Então, você tem medo do Império? Me escute, os homens da minha família são ensinados à colocar as necessidades dos outros acima das nossas próprias. Eu vou acabar com o que te causa medo, é o meu dever como Solidor!
Penelo – Mas como? Como eu posso confiar em você?
Larsa – Por que eu te dou a minha palavra! Meu irmão iria fazer o mesmo!
Havharo – Eu sabia que devia ter um motivo, mas encontrar você no final das contas?! Quero ver o rosto do Marquês... Quer conhece-lo?
Basch – Gostaria, só isso e nada mais! Irei encontra-lo e ver por mim mesmo!
Havharo – O que diz, meu senhor?
Senhor – Há pouco a se dizer, vou marcar uma reunião com o Marquês, esperaremos vocês na propriedade.
Ondore – Senhor Basch fon Rosenburg. Não faz muito tempo que eu anunciei que tinha sido executado.
Basch - E essa é a única razão pela qual eu ainda respiro.
Ondore – Então você é a espada que está amarrada sobre a minha cabeça? Vayne não saiu por acaso... E?
Basch – A líder da Resistência caiu em mãos imperiais. Uma mulher com o nome de Amalia. Gostaria de resgatá-la, mas preciso de sua ajuda.
Ondore – Essa líder da Resistência, essa Amalia... Ela deve ser muito importante! Você entende que a minha posição deve ser considerada?
Vaan – Você sabe onde Larsa está? Ele está com a minha amiga...
Ondore – Temo que você tenha chegado muito tarde. O cortejo de Lorde Larsa já se reagrupou com os imperiais. Disseram-me que partiriam para Rabanastre com a chegada da frota neste entardecer.
Vaan – O que estamos esperando?
Balthier – Você tem que se acalmar!
Ondore – Capitão Rosenburg, certamente as exigências da minha posição não se prendem a você. É por isso que você, de fato, deve encontrar as cadeias do inimigo... Um fardo fácil de suportar.
Balthier – Espere!
Basch – Desculpe. Nós não temos escolha.
Ondore – Convoque a guarda! Eles devem ser levados para o juiz Ghis.

O PALÁCIO REAL DE RABANASTRE
GABINETE DO CÔNSUL

Vayne – Esses decrépitos se esquecendo dos tolos de Archades, deixam as minhas mãos atadas e veja o que acontece! Eu digo, a teimosa deste país não conhece limites.
Juíz Gabranth – Os insurgentes em Rabanastre operaram sozinhos no momento. No entanto, a situação pode piorar. Encontramos os elementos Contra-Império em Bhujerba visivelmente bem financiados. Sem dúvidas, o Marquês Ondore está por trás disso! Ondore deve ser parado!
Vayne – A propósito, o Marquês nos escreveu uma carta. Ele afirma ter capturado o nosso fugitivo e o entregou para Ghis.
Juíz Gabranth – Ele morrerá pela minha mão!
Vayne – Sua fraternidade é comovente... Ah, Ghis retorna com Larsa. Amanhã de manhã eles vão deixar Bhujerba. Quero vê-lo em casa em segurança, Gabranth. Agora, estou esperando o Dr. Cid. Você pode ir.
Cid – Temos que ver a coisa real para ter certeza. Nabudis nos ensinou muito! Sim, está bem escondido, eles estarão correndo atrás das sombras, os tolos. Ah sim! As rédeas da história de volta às mãos do homem. Hah, Vayne! Você parece estar desfrutando de seu novo trabalho como Cônsul.
Vayne – Eu fiquei esperando dois anos inteiros. Quais são as notícias de Archades? E nossos honrados membros do Senado?
Cid – Trabalhando duro como sempre, tentando encontrar um punhal para a sua volta.
Vayne – Eles são bem vindos para tentar!



Venha jogar conosco!

  


0 comentários:

Posts relacionados: