Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2022

Armed Fantasia: To the End of the Wildnerness - Primeiro trailer do sucessor de Wild Arms é divulgado!

No dia 27/08 foi divulgado o primeiro trailer do sucessor espiritual da clássica série Wild Arms, chamado Armed Fantasia: To the End of the Wilderness O jogo está sendo produzido pela WILD BUNCH Productions, empresa formada por membros criadores da saga original e atualmente conta com uma campanha Kickstarter para arrecadar fundos para o projeto. O jogo já possui versão garantida para PC e versões para consoles Playstation, Xbox e Nintendo Switch estão previstas dependendo dos valores arrecadados. Para contribuir e ler mais sobre o jogo, basta clicar aqui para acessar a página do Kickstarter.   Alguns prints: O jogo ainda não possui data de lançamento definida, mas deu pra ficar animado!

Xenoblade Chronicles 3: Meu jogo - Capítulo 7 - Estive enrolando para não terminar, mas terminou...

  SPOILERS Pois é... Muita água rolou por esta ponte desde meu último post. Demorei para finalizar e em algum momento percebi que estava postergando o final, apenas para não acabar o jogo, de bom que estava. Infelizmente chega uma hora em que não dá mais e fui. Mas antes, fiz algumas quests de ascensão de classe e tem uma para cada um dos personagens ou quase isto. Fiz as dos personagens principais. Ascensão quer dizer apenas que o limite máximo da classe passa de 10 para 20. A progressão nas classes tem a ver, basicamente, com acréscimo de novas master skills e arts nos leveis 5, 10, 15 e 20 de cada classe.   Também fiz a quest Uniting the Seven Nopon, que permite melhorar os status e a aparência das armas dos personagens, apenas eles, não para os heróis. O André fez uma comparação com a evolução dos status a arma do Noah: ataque de 608 para 671, chance de crítico de 20% para 24%, block rate de 8% para 10%. É claro que estes valores podem mudar conforme for o level do Noah para cada p

Xenoblade Chronicles 3: História - Capítulo 7 - Parte 2 - A escolha final entre o eterno agora e um futuro incerto.

  Mr. Samon tem o navio praticamente pronto, necessitando apenas completar o motor. Para tanto ele precisa de mais seis pedaços de metal de Origin, o mesmo metal que faz a espada de Noah e dentro dos tampões de olhos dos Lost Numbers. Ele fornece as localizações e a equipe parte em sua busca. O primeiro está no castelo da rainha e é uma das engrenagens da máquina de Ouroboros. A rainha o cede sem problemas. Ela também dá a eles uma planta do local onde visualizam uma rota de entrada até o centro onde ela revela estar o ponto fraco de Origem.  Os próximos 4 metais estão espalhados pelo mapa, mas eles conseguem recuperar cada um. O último, é revelado estar em um posto de defesa atrás do castelo de Keves. É mostrada uma cena do passado quando Crys, o amigo Off-Seer de Noah morto em combate, é um comandante e discute com o Consul V que se recusa a conceder o Homecoming à um dos soldados, pois quando chegam até o Homecoming as vidas se encerram, não voltam a viver outras vidas e ele não que

Xenoblade Chronicles 3: História - Capítulo 7 - Parte 1 - A verdade sobre o mundo é finalmente revelada!

A rainha Melia de Kevnes observa através de uma tela dois planetas se aproximando. Diz que faltam 300 dias para a Interseção e que parecem que conseguiram. Na tela a rainha Nia de Agnus aparece e responde que sim, que isto precisou de cada centímetro do cérebro de ambas, combinados, mas elas fizeram.   Melia continua dizendo que para preparar para o tempo em que seus dois planetas colidissem tudo o que eles são está contido interiormente, as memórias e suas almas. Que todos eles desaparecerão e então renascerão. Ela se pergunta se será um novo início ou o seu fim. Que ninguém pode dizer. Nia diz que  o tempo seguirá seu devido curso e as mostrará o verdadeiro significado de suas ações. Elas então observam de suas varandas os dois planetas se chocarem. Nia continua explicando: No passado distante o que antes era um único mundo foi dividido em dois. Mais e menos... Na superfície, eles eram idênticos, esses dois mundos, de natureza oposta, nada sabiam um do outro enquanto caminhavam em di

Xenoblade Chronicles 3: o que foi este final? (sem spoilers)

  Acabei de terminar o jogo. 164 horas e ainda tem o pós games e as futuras DLCs.  Ainda estou impactada com o final. Mas não apenas com o final. Concluir a história apenas deu um fecho às minhas sensações sobre tudo o que vim observando e sentindo durante todo o tempo com relação ao jogo por inteiro. Depois vou escrever minha análise final, mas... Que jogo!!! Estou comparando com outros games que joguei tentando encontrar algum paralelo e não há. Não há nenhum outro jogo que se compare em tudo. Tem jogos que tiveram mundos tão grandes (ou quase tão grandes) quanto, outros com histórias maravilhosas, outros com sistema de combate perfeito ou visualmente tão bem acabado, mas nenhum é tão tão tão em tantas coisas quanto Xenoblade Chronicles 3. André e eu estivemos quase reclamando que era demais. Olha só que absurdo, reclamar de excesso de jogo. É muita quest, muita história, muito mundo, muitos itens, muitos acessórios, muitas classes, muitos personagens, muito tudo!!! Que jogo, senhore

Final Fantasy XIV 6.2 - Buried Memory - Gameplay Completa do Patch 6.2 Lançada Ontem!

Ontem foi lançado o novo patch de Final Fantasy XIV Endwalker. O patch 6.2, chamado Buried Memory, continua a busca por aventuras do nosso personagem após a conclusão épica alcançada na Endwalker. No momento estamos juntos de Vrtra (Varshahn) adentrando em um mundo que pensávamos estar completamente perdido para as trevas: O 13º fragmento. Muitas surpresas nos aguardam, inclusive descobertas importantes sobre a verdadeira identidade do avatar que Zenos usou para nos enfrentar no passado. Além da história principal, o patch também veio recheado de mudanças de classes, novos equipamentos e raids, além da possibilidade de explorar e desenvolver uma ilha só minha! Espero que gostem, e em breve mais novidades. Para a parte 2 e 3 da gameplay, acesse: Parte 3 (final):

Xenoblade Chronicles 3: Meu jogo - Capítulo 6 - Cansada, porém extasiada

SPOILERS No último post sobre meu jogo já adiantei bastante comentários sobre o que achei do começo do capítulo 6, que foi bem impactante. Assim, não tenho muito mais o que comentar sobre isto.  Estive sumida estes dias apenas tentando limpar meu quadro de quests a fazer antes de encerrar o capítulo. Acabei desistindo. É muuuiiiitttaaaaa quest!!! Eu já fiz mais de 130 quests e, de acordo com um guia de quests que pesquisei, ainda teriam mais de 20 neste capítulo e mais de 30 no seguinte.  Estou cansada demais de fazer quests. No começo é empolgante, gostoso, etc. Depois, chega uma hora em que você não aguenta mais e nem lê mais, só vai clicando para terminar. É assim que estou. E as quests do capítulo 6 abusaram de minha paciência. Jesus!!! Tinha quest que pareciam mais castigo do que qualquer outra coisa. Uma série do tipo faz algo em um mapa depois tem que pular para outro, fazer algo mais, pula para outro mapa, faz algo mais, volta para o mapa anterior, etc... Outra série do tipo co

Xenoblade Chronicles 3: História - Capítulo 6 - Escolhas. Será mesmo que eles podem escolher?

Escolhas Noa se vê em pé, olhando para seu próprio corpo caído no chão. Em seguida aparece em um ambiente como se estivesse acima de nuvens. Uma voz lhe diz que ele fez sua escolha. E pergunta se ele está feliz com o resultado. Era assim que você queria que seu futuro fosse? É um ser com um manto que lhe cobre inclusive a cabeça quem pergunta. Em uma tela à frente, imagens de suas lutas aparecem. Ele pergunta onde está.  O ser lhe diz que todo este tempo ele esteve repetindo as mesmas ações desnorteadas. Tudo para manter o mundo como está. E para se manter. Uma vez mais, hoje, ele perdeu quem lhe era mais querido. Pergunta se ele está triste e se, caso ele pudesse, se tentaria novamente. ou se ele preferiria ficar no sem fim agora.  Na sequência Noah se vê revivendo algumas de suas infinitas versões de outras vidas, sempre com Mio. Ele se vê como um dos primeiros Ouroboros, vê todas as vezes em que tentou a salvar e que a vê morrer.    Em uma destas vidas ele vê Z se aproximando e mata