Pular para o conteúdo principal

Xenoblade Chronicles 3: Melia - A heroína, história e jogabilidade (spoilers)

 

Visão Geral

Melia Antiqua é um dos sete personagens jogáveis ​​em Xenoblade Chronicles e faz parte da raça High Entia. Ela é uma poderosa personagem parecida com um mago que vive na Cidade Real de Alcamoth antes dos eventos do jogo. Em Xenoblade Chronicles 3 ela é a Rainha de Keves.  


Personalidade

Apesar de seu status como a princesa da raça mais avançada em Bionis, Melia é uma pessoa muito humilde, modesta e gentil, nunca menosprezando Homs como inferior (o que High Entia de sangue puro costuma parecer), embora isso possa ser porque ela é meio-Homs ela mesma. 

Melia tem um forte senso de dever e, devido ao seu status, acredita que deve ser capaz de fazer as tarefas que lhe foram confiadas sozinha. 

Sendo uma princesa e devido a uma educação bastante rigorosa, Melia é dada ao comportamento educado e formal. Sua falta de familiaridade com os outros também se deve ao seu isolamento enquanto crescia - ela foi criada principalmente sozinha em seus aposentos. Apesar disso, ela mantém um senso de humor, no entanto, quando ela brinca, ela normalmente faz isso com uma cara completamente séria.


Aparência

Melia é uma jovem de 1,56 m (5'1 ") com pele clara, cabelos prateados trançados na parte de trás da cabeça com dois grandes cachos logo acima dos ombros, olhos verde-azulados e um pequeno par de asas de High Entia na cabeça.

Em Xenoblade Chronicles 3, seu cabelo ficou muito mais comprido. Como a Rainha de Keves, Melia usa um vestido preto e cinza. O vestido tem cordas na saia junto com uma pena. Tem estrelas metálicas e pretas embutidas no vestido, e ela usa luvas longas e pretas. Como Herói, ela usa um vestido preto e branco e leggings pretas, sapatos brancos e luvas. Ela também tem seis asas de energia atrás dela.


História

Em algum momento, Melia tomou posse da Monado Replica EX+ de Shulk , que ela agora guarda como lembrança. Em um futuro distante, os dois mundos que Klaus criou ao separar o original com o Conduit começaram a se fundir novamente, o que efetivamente destruiria ambos. Fazendo contato com Nia em Alrest, ela ajudou a elaborar um plano que permitiria que seus mundos sobrevivessem. Ambas as nações construiriam metade de uma arca apelidada de "Origem" que continha todo o conhecimento de suas sociedades e as almas literais de seus cidadãos, o que lhes permitiria renascer uma vez que seus mundos fossem separados e reconstruídos.

Infelizmente, o sistema de Origem foi corrompido pelos desejos de segurança e proteção das almas que continha, criando uma entidade chamada Z. Z sequestrou todo o processo de separação e, em vez de serem separados, ambos os mundos foram congelados no tempo e um terceiro foi criado entre eles com o objetivo de criar um mundo sem mudanças. Melia acabaria sendo capturada por Z e colocada em sono criogênico na Prisão Eterna para que Z pudesse usar seu acesso à Origem para assumir o controle total de seus sistemas; no entanto, antes de sua captura, ela usou seu poder para criar a Espada do Fim, uma arma que poderia ser usada para parar Z. O povo de Melia, enquanto isso, foi recriado neste novo mundo, mas foi completamente tomado por Z e seus Cônsules usando um dublê robótico dela como um governante fantoche; A própria Melia era capaz de ver através dos olhos do robô, mas tinha pouco ou nenhum controle sobre suas ações. Sob o governo de Z, Keves travaria uma guerra perpétua com Agnus, efetivamente mantendo o mundo em "um estado de 'agora'".

Depois que o grupo entra no Interior da Origem, eles se deparam com Melia aprisionada, guardada por N. Depois que N é derrotado e volta a si, Melia é libertada de sua prisão. Ela diz ao grupo que Z não é uma entidade real antes de se teletransportar para o Castelo de Keves, que anteriormente era Alcamoth .

Durante o pós-jogo, que se passa antes da batalha final com Z, Melia pede para se juntar ao grupo para ver o mundo de Aionios por si mesma, em vez de simplesmente ser informado por seus assessores. Durante sua Ascension Quest From Atop Her Throne, ela se voluntaria para resolver três problemas que surgiram em sua ausência: uma briga entre seus guardas e seus homólogos agnianos que terminou com o último se unindo a uma força rebelde, um pedido de ajuda de Zeon após um ataque da Origem, e um pedido de Monica para falar com as pessoas da Cidade para que seus espíritos pudessem ser animados.

Ao chegar à cidade, Melia se vê relembrando como sua tecnologia é semelhante à de seu antigo mundo e fala com seus seguidores na cidade, eventualmente conhecendo um velho conhecido como "Storyspinner" que, como ela, é muito mais velho do que muitos. das pessoas de lá e sabe muito sobre a história do mundo (incluindo bastante sobre ela mesma). Enquanto Eunie expressa sua admiração sobre como os outros podem envelhecer e continuar mesmo depois de ver tantos de seus amigos morrerem, Melia garante a ela que as memórias daqueles que estão perdidos sempre permanecerão e que eles podem ser uma fonte de força para si mesmos. certo.

Quando o grupo chega à Colônia 9, Melia ajuda Zeon a curar os feridos. Ele diz a eles que a colônia perdeu contato com uma equipe de pesquisa enviada para investigar um deslizamento de terra recente do ataque Origem. Ele suspeita que um segundo deslizamento de terra possa ter acontecido e Melia se oferece para procurá-los. Enquanto eles saem, um dos soldados pede que eles entreguem uma mensagem a um dos membros da equipe de pesquisa para "devolver o que ela deve". Quando questionado sobre isso, o soldado em questão revela que eles compartilhavam uma unidade desde o primeiro mandato e que ele estava apenas dando uma desculpa para perguntar pela segurança dela. Melia expressa que ela sabe muito bem o quão importante é ter alguém para elevar os sentimentos, e Noah se pergunta em particular se ela tem alguém em mente. Depois de retornar à Colônia 9, Zeon diz a Melia que deseja permitir que a colônia eleja um novo comandante com a intenção de renunciar a quem for escolhido. Seus homens se perguntam por que ele iria querer tal coisa e ele explica que foi nomeado apenas porque o Cônsul o considerou um fantoche útil e sente que ele não possui as qualidades que seriam adequadas para um comandante de uma colônia livre de seu controle. Melia não se opõe ao seu pedido para realizar a eleição, mas avisa-o de que as qualidades inatas não são tudo e relata suas próprias experiências com dúvidas para assegurar-lhe que tudo ficará bem enquanto ele permanecer fiel a si mesmo.

Nia explica a Melia e ao grupo que ela sabia sobre o incidente com as forças rebeldes Agnianas; eles eram de fato uma facção independente de ex-soldados agnianos que desde então renunciaram à sua lealdade e agora se preocupam apenas com a destruição arbitrária. Melia suspeita que eles podem estar sofrendo uma crise em suas visões de mundo e podem responder à misericórdia; no entanto, ela observa que, se eles não estiverem dispostos a ouvir a razão, ela não se esquivará de combatê-los. Eles chegam ao esconderijo dos rebeldes para encontrar Levnises implantado lá, e Melia relata suas antigas experiências em batalha, a tentativa de assassinato de Tyrea, e o valor de tudo o que seus antigos companheiros lhe ensinaram sobre a vida. Ela confronta os rebeldes, e seu líder se enfurece como ele e seus amigos acreditavam que derrotar Keves era a razão de sua existência; desde que se provou que a guerra foi fundada sobre uma mentira, eles agora não têm razão para continuar vivendo e podem acabar com o mundo. Melia não está convencida, mas os rebeldes atacam quando ela tenta explicar que quer ajudá-los a entender o mundo. O líder rebelde permanece desafiador depois que o partido os subjuga, acusando Melia e Nia de desprezá-los por causa de sua maior expectativa de vida; quando insistem que ele está enganado, ele exige saber quem pode odiar para continuar vivendo.

O grupo retorna ao Castelo de Keves, e depois de repreender Aizel por se preocupar demais, Melia diz ao grupo que eles não podem perder o espírito de desafio e se submeter à injustiça como as pessoas de seu mundo fizeram uma vez. Ela expressa o desejo de se sacrificar se for necessário para recuperar o futuro pelo qual ela e seus amigos lutaram há tanto tempo, mas o partido rejeita a ideia e diz que não deseja vê-la sofrer sozinha por mais tempo do que deveria. Suas palavras a lembram de seus antigos companheiros de viagem, e ela os agradece por seu apoio contínuo na criação de um novo futuro.

Durante a batalha final de Noah e seus aliados contra Z, Melia e Nia fornecem apoio ao grupo antes de eventualmente se juntarem à luta. Após a derrota de Z, Melia e Nia aparecem para perguntar ao grupo se sua decisão de separar os dois mundos é final. Enquanto as duas rainhas fazem seus preparativos, Melia expressa sua esperança para o futuro de seus respectivos mundos antes de olhar para a Monado Replica EX+ escondida atrás de uma pintura em seu quarto e agradecer a todos.


Jogabilidade

Em Xenoblade Chronicles 3, Melia pode ser recrutada como Herói viajando para o Portão do Castelo de Keves depois de completar o jogo. Na batalha, ela usa a classe Royal Summoner, e empunha seu World Ender, conhecido como Elemental Staff, como sua Blade. Ao completar sua Ascension Quest From Atop Her Throne, a classificação de Melia como Royal Summoner aumentará de 10 para 20.


Artes

Element Genesis (Talent Art), AOE/Elemental Discharge dmg+

Summon Element, AOE/Summon Elementals

Elemental Discharge, Release Elementals

Shadow Stitch, Back Bind

Starlight Kick, Topple

Power Effect, Attack up/damage up

A Chain Art de Melia é Ether Absolute, o que reduz a defesa de éter do inimigo em 45 pontos percentuais durante um Chain Attack, e seu bônus Heroic Chain impede que o pedido seja concluído se atingir 100% através da ação de Melia, permitindo que outro personagem execute uma ação.


Habilidades de classe

Elemental Boost, Cada descarga elemental aumenta o dano causado em 25-40% (até um máximo de 400%).

Essence of Ether, Aumenta o dano dos aliados em 22-30% e reduz a Taxa de Bloqueio do inimigo em 7-15% (não acumula).

Fortified Ether Guard, Aumenta a Defesa Ether em 12-20%.

Here I Shall Stand, Aumenta o dano elemental em 70-100% e os efeitos de buff elemental em 35-50%.


Fonte

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

(FF XII) TÁ TUDO AQUI! (detonados, história, summons, mapas, dicas, gil, rare itens, farms) Só clicar.

           Responsável: Neiva  - Posts:  Neiva , André  - Colaboração:  Emanuel Traduções: Bruno , Jackson ,  Mário , Thiago , Bruno B. LEIA ISTO PRIMEIRO  SOBRE FFXII Itens perdíveis e dungeons não retornáveis História completa em português   O filme completo em inglês TRADUÇÃO EM PORTUGUÊS BR O mundo de Ivalice Raças MONTANDO A EQUIPE Personagens Como combinar classes Simulador de combos de classes SISTEMA DE COMBATE Equipe Killer Neiva   Sobre o sistema de combate e Gambits Equipe Killer André Todos os Gambits Todas as magias e técnicas MEU JOGO (NEIVA) Buffs e Debuffs Primeiras impressões Atributos Introdução Zodiac System e seu sistema de classes A Cidade Real de Rabanastre Drops raros com chains e monographs O Portão Leste Downtown EQUIPÁVEIS O Palácio R

(FF XII) Hunts (caçadas)

Por André Anastácio  A sidequest mais conhecida de Final fantasy XII com certeza é a caça aos 45 marks do jogo. Marks são monstros poderosos, que precisam ser eliminados para, de alguma forma, alguma pessoa ser beneficiada com isso.  Agora é hora demostrar como detonar essas missões paralelas. Verificando o quadro que fica nos bares das cidades (Rabanastre, Bhujerba, Baifonheim), você pode aceitar pedidos para caçar Marks. Eles vão aparecendo conforme seu Rank de caçador subir, e ele sobe conforme você mata mais Marks e inimigos. Aceitando um pedido, você deve ir falar com o cliente antes de sair para matar o monstro. Quando falar com a pessoa em questão, a mensagem "The Hunt Begins" aparece na tela, e aí é só ir caçar o bicho. E lembre-se de retornar ao cliente quando acabar a missão para pegar sua recompensa. P.S.: É altamente recomendável sempre dar steal (para roubar itens) nos monstros de caçadas pois alguns deles oferecem itens EXCELENTES e que você p

(FF XII) Lista de todas as armas, status e localização

Por André Anastácio Lista completa das armas com seus status e localização Charge Time se refere a velocidade da arma. Armas que são obtidas através do Bazaar estão apenas com o nome com que elas aparecerão lá. Um guia detalhando os passos para montá-las será feito em breve. Obs 1 - Dados tirados da Wikia do jogo, alguns estão sujeitos a alteração pois podem não estar corretos. Obs 2 - A maior parte das armas que estão em baús não possuem 100% de chance de aparecer. One-Handed Swords Oferecem um bom balanço entre velocidade, consistência e poder. Assim como todas as armas de uma mão (One-Handed), permitem o uso de escudo. Dano é calculado baseado na Strength (força) do personagem, ataque da arma e defesa do alvo. Todas elas, exceto a Stoneblade, adicionam +5 de evasão. Jobs que podem utilizá-las - Knights (todas elas), Time Battlemage (apenas algumas, precisa de Esper) e Bushi (apenas a Bloodsword, precisa de Esper). Fórmula de dano Mithril Sword Attack - 14

(FF XII) Espers (summons) e suas localizações

Por André Anastácio É importante lembrar como funcionam os Espers de Final Fantasy XII. Para obter um Esper, primeiro é preciso vencê-lo em combate (alguns serão encontrados ao longo da história e outros são opcionais) e após isso, associá-lo a algum personagem através do quadro de licenças. Quando for derrotado, o Esper irá aparecer disponível no quadro de licença de todos os personagens, mas apenas um poderá tê-lo. Sendo assim, é importante decidir qual Esper irá para cada personagem especialmente pelo motivo de os Espers poderem estar bloqueando espaços específicos do quadro de licença em alguns Jobs. Diferentemente da versão original, na Zodiac System os Espers utilizam a barra de Quickening (que ficam abaixo no nome dos personagens) ao invés de MP para serem invocados. Outra adição é o fato deles poderem ser diretamente controlados. Por poderem ser controlados, é possível utilizar seus ataques especiais sem precisar cumprir as (complexas) condições necessárias anteriormente.

(FF XII) Todos os 80 Rares Monters, com localização, condição para aparecer e mapas

Lista compilada por   Sephirosuy Tradução de Thiago Felix Rare Monster Nº 01/80 Nome: Aspidochelon (293) HP: 63540 EXP: 1846 LP: 11 Fraqueza : Wind Dropa: Engage Solid/Adamantine Trophy Steal: Scarletite Original: Adamantitan Rare Rank: ***** Localização: Cerobi Steppe/ Feddik River Aparecimento: Na área que se divide em três. Há 40% de chance de substituir um dos Adamantitan. Rare Monster Nº 02/80 Nome: Thalassinon (295) HP: 60100 EX: 1775 LP: 10 Fraqueza: Wind Dropa: Engage Shell/Shelled Trophy Steal: Adamantite Original: Emeralditan Rare Rank: **** Localização: Phon Coast/ The Vaddu Strand Aparecimento: Está mais a sudoeste, espere um pouco na colina, ele aparecerá no fundo. Rare Monster Nº 03/80 Nome: Greeden (297) HP: 7281 EXP: 410 LP: 3 Fraqueza: Earth Dropa: Braid Wool, Blood Wool Steal: Wind Magicite, Wind Crystal Poach: Blood Wool Original: Wooly Gator Rare Rank: *** Localização: Dalmasca Estersand/ Bank of the Nebra Aparecimen